Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A estimativa de instituições financeiras para o encolhimento da economia, este ano, foi ajustada. A projeção para a queda do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, foi alterada de 3,86% para 3,88%.

Para 2017, a estimativa de crescimento foi mantida em 0,50%. As projeções fazem parte de pesquisa feita todas as semanas pelo Banco Central.

A projeção de instituições financeiras para a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA)  foi mantida em 7% este ano.  Já Para 2017, a projeção foi reduzida para 5,50%, é o  sexto ajuste consecutivo.

Redação/JU com informações Agência Brasil 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios