Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Maior índice de paralisação foi registrado em Foz do Iguaçu, onde 71% das empresas emitiram nota fiscal entre 6 e 10 de julho

Mesmo com as medidas restritivas em 134 municípios do Paraná, 87% das empresas registradas no estado realizaram alguma atividade econômica nos dez primeiros dias de julho. No período estava em vigor regras rígidas sobre o funcionamento do comércio presencial e sobre as atividades não essenciais. O levantamento da Secretaria de Fazenda do Paraná levou em conta as empresas que emitiram nota fiscal e geraram receita por meio do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Por outro lado, o nível de atividade caiu em relação ao mês passado, quando 94% das empresas desempenharam alguma atividade econômica.  

Entre 6 e 10 de julho, os menores índices de atividade foram registrados em duas regiões: em Foz do Iguaçu, o índice foi de 71%. Em Curitiba e na Região Metropolitana, o índice foi de 74%. Já outras cidades como Arapongas e Francisco Beltrão funcionam em plena atividade econômica - praticamente todas as empresas emitiram notas fiscais no período pesquisado.

Agência do Rádio

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios