Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O Governo do Paraná avança nas negociações com o Banco Mundial (Bird) para acessar um novo crédito da instituição internacional. Na segunda-feira (06), os secretários estaduais do Desenvolvimento Urbano, Silvio Barros, e do Planejamento e Coordenação Geral, Rodrigo Salvadori, estiveram em Brasília para discutir projetos que podem ser financiados pelo banco.

Entra as ações que o Estado pretende executar com recursos externos está o Governo Digital. A ideia é ampliar as funcionalidades do sistema, que já está operando e reúne informações de cerca de 200 serviços públicos prestados ao cidadão. O objetivo da plataforma é dar maior eficiência à máquina pública.

Outra área que deve fazer parte do financiamento é a habitação, com o Condomínio do Idoso, um projeto sob a responsabilidade da Cohapar. Segundo o secretário Silvio Barros a iniciativa fará frente ao rápido processo de envelhecimento populacional. “O atendimento ao idoso será uma demanda cada vez maior, já que vai, cada vez mais, exigir políticas e investimentos públicos”, afirma.

Segundo Barros, dentro das algumas semanas uma missão envolvendo técnicos do banco, de Washington e de Brasília, virá a Curitiba para que seja elaborada a proposta da nova operação de crédito. O novo empréstimo seria complementar ao contrato já mantido entre o Estado e o banco para a execução do Projeto Multissetorial para o Desenvolvimento do Paraná.

Multissetorial

O financiamento atual envolve a soma de US$ 350 milhões, sendo que 86% já foram desembolsados pelo Bird. Os recursos estão sendo aplicados em ações de educação, saúde materno-infantil e de urgência e emergência, combate à pobreza no campo, meio ambiente, prevenção de desastres naturais e modernização da gestão pública.

Participaram da reunião o diretor do Banco no Brasil, Martin Raiser, e o coordenador setorial para Economia, Governança e Desenvolvimento, Rafael Muñoz. A discussão foi acompanhada de Washington, via teleconferência, pelo especialista no Setor Público do Bird, Davide Zucchini, que recentemente recebeu a governadora Cida Borghetti nos Estados Unidos para tratar da nova operação de crédito.

O Banco Mundial (Banco Internacional para a Reconstrução e Desenvolvimento – BIRD) é uma agência do Sistema das Nações Unidas e a maior fonte global de assistência para o desenvolvimento. São cerca de US$ 60 bilhões anuais em empréstimos e doações aos 187 países-membros.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.