Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Durante a campanha eleitoral, o então candidato Jair Bolsonaro elogiou, por diversas vezes em diferentes veículos de comunicação, o projeto de Reforma Tributária da Câmara, liderado pelo então Deputado Federal Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR). E na quarta-feira (13) pela manhã, em audiência no Palácio do Planalto, Hauly apresentou ao presidente Jair Bolsonaro as principais linhas do projeto de Reengenharia Tributária aprovado na Comissão Especial da Câmara no final do ano passado, o qual está pronto para seguir tramitando até a aprovação final em plenário. Também participou da reunião de quase uma hora o Secretário da Receita Federal, Marcos Cintra.

Durante a audiência, o presidente Bolsonaro fez questão de elogiar à maneira como Hauly (ambos foram colegas na Câmara Federal durante 28 anos) conduziu a elaboração técnica do projeto, e principalmente a ampla discussão que ele liderou tanto dentro do Congresso como também com os diversos setores produtivos, incluindo entidade de classe e representantes de sindicatos. “Foi muito estimulante ouvir do presidente Bolsonaro o seu apoio, o compromisso e também o seu entusiasmo pela aprovação da Reforma Tributária como uma alavanca para recuperar a economia, as empresas e os empregos”, disse Hauly.

Hauly disse que apresentou ao presidente Bolsonaro um resumo do conteúdo das quase 200 palestras técnicas que realizou pelo Brasil. “Foi uma conversa na qual apresentei os grandes benefícios que a aprovação da Tributária trará para o Brasil. Vamos eliminar 10 tributos e criar o IVA – Imposto sobre Valor Agregado – que vai fortalecer os Estados mais pobres, vai diminuir o custo de produção das empresas, vai reduzir o custo dos produtos para as famílias de menor renda e muitos outros benefícios para nossa economia. Nosso projeto é revolucionário, é 100% tecnológico e vai eliminar toda papelada e burocracia existentes”, concluiu.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios