Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Durante primeira reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, presidente explica a importância das reformas e fala em proteção aos direitos adquiridos

Durante a primeira reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), o Conselhão, o presidente da República, Michel Temer, defendeu as reformas fiscais e da Previdência. Temer explicou que essas medidas são importantes para o País superar a recessão, crescer e voltar a gerar empregos. 

“Se nós prosseguirmos no ritmo [de gastos] que vínhamos, em 2024 teríamos que fechar as portas do Brasil para balanço”, afirmou o presidente. Segundo ele, a dívida bruta ultrapassaria ou empataria com o PIB. “Não teríamos mais como gastar um centavo sequer”, observou.

Ele ainda ponderou que a Previdência também faz parte desse cenário e que a reforma que será proposta pelo governo respeitará o direito adquirido e se pautará pelo princípio da equidade. “Nós vamos tratar de obedecer o direito adquirido e vamos tratar todos com igualdade. Esta é uma determinação da Constituição”, frisou.

Temer afirmou, ainda, que se faz necessária uma ampla reforma para a previdência, que a torne sustentável e que permita o Brasil crescer sem desequilíbrios. Essas mudanças, observou, vai preservar os direitos das pessoas e vai trazer equidade entre todos os setores, seja no setor público no privado ou na atividade política.

“O Brasil não pode viver com a autocomplacência”, disse. “Nossa orientação é clara, nós temos de responder a urgência das reformas, colocar o Brasil de volta nos trilhos”, defendeu o presidente.

O que é o Conselhão?

O Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES) é um colegiado composto por representantes da sociedade civil. Esse grupo tem a missão de fazer o assessoramento direto do presidente da República. É o único conselho que trata de todas as áreas de atuação do Poder Executivo.

Os conselheiros constituem um fórum qualificado para discutir políticas públicas e propor medidas que estimulem o desenvolvimento do País.

Fonte: Portal Planalto

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.