Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A linha tem por finalidade financiar a exportação de bens na modalidade pré-embarque, bem como despesas com promoção de exportação

O BB terá este ano recursos da ordem de R$ 30 milhões para operacionalizar a linha de crédito Proger Exportação. O orçamento, aprovado pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), é três vezes maior do que o montante autorizado em 2014. Desse total, R$ 5 milhões foram liberados e já estão disponíveis para contratação nas agências do Banco do Brasil.

A linha em moeda nacional destina-se a empresas com faturamento bruto anual de até R$ 5 milhões e tem por finalidade financiar a exportação de bens na modalidade pré-embarque, bem como despesas com promoção de exportação. Para isso, dispõe de vantagens como taxa de juros diferenciadas (a partir de TJLP + 5,15% a.a.) por utilizar o FAT como fonte de recursos, incidência de alíquota de 0% de IOF, prazo de financiamento que pode chegar a 12 meses e carência máxima de seis meses.

Pelo Proger Exportação, é possível cobrir despesas decorrentes da participação em eventos comerciais no Brasil e no exterior, incluindo remessa de mostruários e material promocional, aquisição de passagens aéreas, hospedagem, locação de espaço físico, montagem e ambientação de estande, entre outras, no valor máximo de R$ 250 mil.

Em 2014, foram desembolsados ao amparo do Proger Exportação R$ 13,1 milhões, crescimento de 129% em relação ao observado no ano anterior, com 118 empresas beneficiadas. O valor médio por operação foi de R$ 92 mil.

Asimp/BB

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios