Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Região Oeste se destaca com alta de 19,25% no período

O varejo paranaense acumulou alta de 5,13% no primeiro semestre de acordo com a Pesquisa Conjuntural da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR). Concessionárias de veículos e materiais para construção concentraram o maior crescimento do período, com aumento no faturamento de 33,29% e 13,43%, respectivamente.

O mês de junho foi 2,47% melhor do que o mesmo mês de 2017. Já na comparação com maio, as vendas do varejo foram 0,68% menores, em função da paralisação dos caminhoneiros. O setor de combustíveis acumulou queda de 11,15% de janeiro a junho e teve redução de 28,19% na comparação de junho com o mesmo mês de 2017.

Dados regionais

A região Oeste foi a que mais se destacou no primeiro semestre, com aumento de 19,25% nas vendas. O crescimento expressivo do comércio da região foi motivado principalmente pelas concessionárias de veículos (79,67%), que além dos automóveis, venderam muitos veículos pesados devido a promoções e oferta de crédito; materiais de construção (40,3%), pela retomada do setor de construção civil; e calçados (39,85%), em função das promoções dos estoques de inverno.

Londrina aparece com o segundo melhor desempenho do estado, com elevação de 9,18%, incentivada pelos ramos de veículos (18,57%), lojas de departamentos (16,37%) e materiais de construção (8,18%).

O comércio de Maringá mostrou elevação de 1,65%, com destaque para as concessionárias de veículos (40,04%), lojas departamentos (16,37%) e materiais de construção (14,61%).

Em Ponta Grossa houve crescimento de 1,11% no acumulado de janeiro a junho, equilibrando altas nas vendas de calçados (30,67%), veículos (29,54%) e lojas de departamentos (24,85%), com perdas em setores como vestuário de tecidos (-15,09%), óticas, cine-foto-som (-9,85%) e combustíveis (-9,75%).

Curitiba e Região Metropolitana tiveram crescimento mais tímido, de 0,42%, no primeiro semestre do ano, pois apesar do aumento nas vendas das concessionárias de veículos (32%), observa-se queda nos segmentos de combustíveis (-29,27%) e autopeças (-13,17%).

O Sudoeste é a única região que não teve melhora nas vendas e manteve o mesmo ritmo do ano anterior, com 0,01%. A região sofre com a falta de capitalização dos clientes, que estão deixando de comprar produtos de maior valor como automóveis (-0,95) e materiais de construção (-8,66%).

Empregos e folha de pagamento

O comércio do Paraná manteve o número de postos de trabalho no primeiro semestre, com 0,16%. As lojas de departamentos (10,19%), farmácias (6,05%) e materiais de construção (5,19%) foram as que mais contrataram no período. As regiões Oeste (6,01%) e Ponta Grossa (1,74%) foram as únicas com saldos positivos de empregos.

Já a remuneração dos trabalhadores do comércio teve aumento de 3,35% no acumulado de janeiro a junho, principalmente nos setores de lojas de departamentos (16,07%), óticas-cine-foto-som (11,65%), calçados (9,93%) e supermercados (8,97%).

Estoques

Prevendo vendas superiores às de 2017, os comerciantes aumentaram em 6,82% os estoques ao longo do primeiro semestre, sobretudo as concessionárias de veículos (32,42%), lojas de departamentos (14,92%) e de materiais de construção (12,55%).

Total das Vendas

Acumulado do ano Jan-jun/2018 em relação a Jan-jun/2017

SETOR

CURITIBA E RM

LONDRINA

MARINGÁ

REGIÃO OESTE

PONTA GROSSA

SUDOESTE

PARANÁ

CONCESSIONÁRIAS DE VEÍCULOS

32%

18,57%

40,04%

79,67%

29,54%

-0,95%

33,29%

LOJAS DE DEPARTAMENTOS

9,35%

16,37%

21,13%

-14,54%

24,85%

26,50%

6,82%

ÓTICAS, CINE-FOTO-SOM

3,96%

-0,46%

-14,68%

3,27%

-9,85%

-8,66%

-2,64%

MAT. DE CONSTRUÇÃO

3,24%

8,18%

14,61%

40,30%

-4,48%

-5,36%

13,43%

SUPERMERCADOS

2,23%

-0,10%

4,56%

2,67%

1,10%

2,28%

2,38%

FARMÁCIAS

0,13%

-3,73%

-5,44%

-3,56%

-3,33%

-8,15%

-2,46%

CALÇADOS

-7,60%

-7,17%

-

39,85%

30,67%

1,24%

-3,34%

VESTUÁRIO E TECIDOS

-8,25%

-1,86%

-20,46%

-6,22%

-15,09%

-1,19%

-11,59%

LIV. E PAPELARIA

-8,51%

-13,30%

-2,06%

20,65%

4,15%

-

-6,38%

MÓVEIS, DEC. E ÚTIL. DOM.

-10%

-3,11%

-1,95%

2,68%

-

8,20%

-7,44%

AUTOPEÇAS

-13,17%

-

-24,17%

3,16%

-5,85%

3,66%

-6,87%

COMBUSTÍVEIS

-29,27%

-

13,63%

-7,12%

-9,75%

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.