Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Pesquisa encomendada pela ACIL revela que 60,3% dos comerciantes consideraram o resultado ótimo ou bom.  Para 93,4% dos lojistas, vendas serão melhores em 2019 em comparação com o ano passado

As ruas cheias e o movimento intenso no trânsito já indicavam que as vendas de Natal seriam melhores que a do ano passado.

E de acordo com a Litz Consultoria, contratada pela ACIL para ouvir lojistas de todos os portes, segmentos e regiões do município de Londrina, as previsões se confirmaram: 60,3% dos entrevistados disseram que o resultado foi ótimo ou bom e 63,7% afirmaram que o faturamento foi superior ao Natal de 2017. As melhores avaliações por segmento foram o de ótica/joalheria e móveis/eletrodomésticos.

O tíquete médio também foi consideravelmente melhor no último Natal em comparação com o triênio 2015/16/17. Em 2018, cada consumidor gastou em média R$ 205,67, contra 177,78 do ano passado (em 2016, a média ficou em R$ 183,83 e no anterior em 189,69).

No fim das contas, 2018 será lembrado como um ano melhor que os anteriores. Para os varejistas ouvidos, 73,5% avaliaram que as vendas entre janeiro e dezembro foram maiores ou iguais a 2017.

Os números positivos alimentam uma onda de otimismo no varejo. A pesquisa mostra que 93,4% dos entrevistados acreditam em vendas melhores este ano em comparação com 2018. O mercado aponta um patamar de crescimento de 5,3% para os 12 meses do ano novo.

“A confiança dos consumidores tem melhorado gradualmente”, avalia o presidente interino da ACIL, Fernando Moraes. “Já é visível que a recessão ficou para trás e que temos uma excelente margem para o crescimento nos próximos anos”.

Promoções e liquidações

Há outra boa notícia para a cidade. O levantamento da ACIL aponta que quase dois terços dos lojistas (64,5%) pretendem atrair os consumidores com promoções e liquidações. O segmento mais propenso à redução de preços é o de calçados (90,9% dos lojistas planejam adotar a estratégia), seguido de móveis/eletrodomésticos (71,4%).

Lucio Flavio Moura/Asimp/Acil

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.