Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O índice de abstenção da 1ª Fase do Vestibular 2020 da UEL foi de 6,57%, o equivalente a 1.485 candidatos ausentes, um volume inferior ao observado no ano passado quando o total de pessoas que não compareceu chegou a 7,64%. Este ano a UEL registrou 22.593 candidatos inscritos para o Vestibular 2020. A informação sobre o quantitativo de ausentes foi confirmada na tarde deste domingo (20) pela Coordenadoria de Processos Seletivos (COPS), a partir das listas assinadas pelos candidatos nas três cidades, locais em que o concurso foi realizado - Londrina, Curitiba e Cascavel. Este ano a UEL oferta 2.559 vagas em 53 cursos de graduação, considerando turnos e habilitações, e outras 586 por meio do Sistema de Seleção Unificada (SISU), totalizando 3.145 vagas.

O tema central da prova, 60 questões objetivas sobre Conhecimentos Gerais, foi a importância dos museus enquanto instituições sociais e educativas, espaços fundamentais para produção e difusão do conhecimento. Documento divulgado pela COPS revelou que a escolha do tema buscou mostrar aos estudantes que o conteúdo acadêmico pode ser aplicado ao cotidiano. "Cada obra, cada peça exposta pode ser compreendida a partir de pontos de vista que consideram os saberes dispostos nas disciplinas básicas", relata o documento.

Segundo a professora Sandra Garcia, coordenadora da Cops, a 1ª fase foi tranquila, registrando apenas um candidato atrasado e outros cinco que não puderam entrar nas salas de provas por falta de documentação. Todos estes casos ocorreram em Londrina. A coordenadora adiantou que os cadernos de prova desta 1ª Fase deverão ser liberados a partir das 19h30, sendo que o gabarito provisório deverá ser divulgado a partir das 20 horas, no site da COPS.

Descentralização - O reitor da UEL, Sérgio Carvalho, afirmou que a descentralização do Vestibular foi bastante positiva, registrando 572 candidatos em Cascavel e outros 2.417 em Curitiba. Ele explicou que houve acordo com a Universidade Federal do Paraná (UFPR) para que os Vestibulares fossem aplicadas em diferentes datas, com o objetivo de incentivar estudantes de cidades da região sul do estado tentarem uma vaga na UEL. "Entendemos que assim abrimos oportunidades para mais paranaenses", definiu o reitor.

Ainda segundo ele, outra grata surpresa foi a procura pelos novos cursos, Biotecnologia e Nutrição, que estão entre os mais procurados este ano, registraram concorrência de 10,5 candidato/vaga cada um. Para o reitor, esta boa procura comprovou que existia uma demanda reprimida por estas duas graduações, que passam a ser oferecidas a partir do próximo ano.

Turismo - O reitor também comentou a grande procura pelos hotéis da região, em virtude do Vestibular. Dados do Londrina Convention Bureau apontam que a rede hoteleira teve ocupação de 95% este final de semana. A estimativa é de que 7,5 mil pessoas de fora tenham se hospedado na cidade por ocasião da 1ª Fase da UEL, resultando na injeção de R$ 5 milhões na economia local. De acordo com o reitor, este é mais um dado que comprova a importância da Universidade para o município ter sido elevado à categoria A no Mapa do Turismo Brasileiro (2019-2021). O nível A é conferido aos municípios com maior fluxo turístico.

Cronograma do Vestibular 2020

20/10 - Gabarito Provisório, após as 20 horas.

8/11 - Resultado da 1ª Fase, às 17 horas.

1º/12 - 2ª Fase: Provas de Línguas, Literatura e Redação; 02/12 - Conhecimentos Específicos; e 03/12 - Habilidades Específicas.

Resultado - 13/1/2020, ao meio dia, no site da COPS.

Agência UEL

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.