Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Educação 15/08/2017  09h29

Alunos recebem prêmio do Festival Londrinense de Matemática

Intenção do evento é estimular as crianças a gostarem da matemática e auxiliar na aprendizagem da disciplina

Na manhã de ontem (14), cerca de 40 alunos da rede municipal de ensino receberam um prêmio do 1º Festival Londrinense de Matemática, realizado de abril a agosto de 2017. O prêmio foi entregue pelo prefeito Marcelo Belinati, pela secretária municipal de Educação, Maria Tereza de Moraes, e pelo deputado federal, Alex Canziani.

Ao todo, nove escolas municipais foram campeãs durante o festival e receberam troféus de reconhecimento. Cada professor de matemática dessas unidades recebeu dois ingressos para assistir à apresentação do Circo da China, no próximo dia 26 de agosto. As diretoras e as coordenadoras da área também ganharam um ingresso cada uma e as crianças vitoriosas foram presenteadas com três entradas para a apresentação circense.

Durante a premiação, o prefeito falou a respeito do estímulo que as crianças recebem quando há premiações como a do Festival de Matemática. “Isso além de fazer a garotada entender o espírito de equipe e de trabalhar junto, incentiva a estudar. Muitas vezes, o que você acha que é uma dificuldade, não é nada daquilo. Essa premiação vai servir de estímulo para os colegas estudarem e se dedicarem para quem sabe no ano que vem estarem aqui recebendo essas premiações”, afirmou.

A secretária municipal de Educação explicou que o festival tem um diferencial que é o trabalho lúdico feito com os alunos. Para isso, as crianças do quinto ano foram divididas em grupos com quatro participantes cada. Através de jogos, precisavam resolver problemas matemáticos, o que as ajudou no processo de ensino e de aprendizagem da disciplina. “O festival tem uma diferença interessante que são equipes competindo entre si e eles juntos se ajudam e resolvem os problemas. Todo mundo participou do processo, inclusive escolas da zona rural, o que para nós é uma grande alegria”, frisou.

Durante o evento, o deputado federal, Alex Canziani, explicou que os dois maiores eventos relacionados à matemática estão acontecendo, no Brasil, entre este ano e o próximo, o que estimula o estudo da matemática. “O Brasil recebeu há poucos dias a Olimpíada Internacional de Matemática no Rio de Janeiro e, em 2018, o Brasil receberá o Congresso Mundial de Matemática, onde matemáticos do mundo inteiro estarão unidos para discutir a questão e os projetos da área. Jamais o hemisfério sul havia recebido esses encontros que são os dois maiores eventos de matemática do mundo. Isso é importante, porque essa matéria está presente em tudo na nossa vida e quanto mais pudermos estimular as crianças a gostarem dela, mais oportunidades elas terão”, ressaltou.  

Ao todo, quase 4.500 alunos se inscreveram para participar do Festival, sendo que 63 escolas tiveram seus representantes. Para a professora da Escola Municipal Nair Auzi Cordeiro, Adriana Paula dos Santos Silva, o festival ajudou a disseminar o gosto pela disciplina e o interesse dos alunos pela matéria que é conhecida por ser mais complexa. “A atividade foi interessante. Ela motivou os alunos a participarem, porque conforme a gente foi passando das fases, eles foram ficando mais envolvidos e despertou muito o interesse pela matemática. Eles a viram de forma mais divertida”, acredita a professora.

As alunas do quinto ano da Escola Municipal Arthur Thomas, Giovana Dezanete e Isadora Costa, falaram sobre a alegria de receber o troféu para escola. “Estou me sentindo muito feliz. Só não gostei muito porque a gente ficou em terceiro lugar, mas a gente participou. Queria ter ganhado em primeiro. Matemática é minha matéria favorita”, disse Giovana. Já para Isadora o prêmio traz alegria e incentivo. “Com a premiação para quem se esforça, você se sente mais motivada para continuar a fazer e estudar e motiva os outros que não se esforçaram tanto. Se puder participar ano que vem a gente vai tentar”, disse.  

Histórico - O evento ocorreu em etapas, em que os alunos participaram de um jogo e resolveram 10 problemas. A etapa experimental, “Vivenciando Jogos e Resolução de Problemas na sala de aula I”, aconteceu em abril e foi um período de experimentação e adaptação à metodologia para o trabalho com jogos e resolução de problemas em grupos.

De 2 a 5 de maio foi realizada a fase “Vivenciando Jogos e Resolução de Problemas na sala de aula II”, onde se deu o início oficial ao Festival, seguida pela seleção das equipes finalistas para a etapa regional. De 22 a 26 de maio, cinco escolas da rede municipal (regiões norte, sul, leste, oeste e rural) participaram com duas turmas de quatro alunos (manhã e tarde), em que eles receberam medalhas da etapa regional. A última fase do Festival Londrinense de Matemática aconteceu em 2 de agosto, quando todos ganharam um jogo matemático.

N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios


Notice: Undefined variable: usuario_tk in /var/www/vhosts/jornaluniao.com.br/httpdocs/widget_footer.php on line 245
NULL