Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Mesmo com uma rotina intensa de estudos, com aulas e atividades on-line, que são realizadas por meio do Google Classroom, um grupo de estudantes do Colégio Pontagrossense Sepam, em Ponta Grossa (PR), encontrou uma forma de explorar outras habilidades nos momentos de lazer. Com as ferramentas disponíveis durante o isolamento social eles construíram os prédios do Colégio no jogo eletrônico Minecraft.

Responsável pela inciativa, o aluno da 3ª série do Ensino Médio, Rafael Eleutério, que já foi aprovado em Odonto na UEPG em 2019, convidou amigos (alunos e ex-alunos do Sepam) para ajudar a recriar a instituição de ensino, que completou 80 anos em 2019. Utilizando ferramentas de comunicação a distância, o grupo montou e executou o projeto em três dias. “Quando eu apresentei a proposta a aceitação de todos foi imediata. Sabíamos que seria trabalhoso, mas encaramos o desafio”, comenta Rafael.

Para o professor do Sepam, Marcos Trancoso, idealizador do 1º Campeonato League of Legends SEPAM, a ideia é fantástica. “Eu tive a oportunidade de acompanhar a execução do projeto e fiquei muito orgulhoso e maravilhado com todos os detalhes da construção. Podemos perceber que nossos alunos têm um carinho especial e sentem falta do Colégio, do espaço, de professores e funcionários, que fazem parte da vida escolar deles”, assinala.

O Minecraft foi escolhido por ser um jogo já praticado pelo grupo. Trancoso observa que os recursos digitais estão sendo bastante explorados pelos estudantes durante esse período de isolamento social, tanto para lazer quanto para os estudos. “Todos estamos passando por momentos difíceis e fico muito feliz ao perceber que os nossos alunos estão buscando formas de ficarem bem”, diz.

Participaram da criação do jogo os alunos: Ana Carolina Silva, Davi Alex Silva, Gabriel Matheus Ruiz, Gabriel Reis da Silva, Gustavo Adriano Hul, Gustavo Guilherme Biscaia Martins, Henrique Barbosa de Souza, João Pedro Ramos, Luiz Correia Neto, Nikolas Aleksander Szulha, Rafael Eleutério e Raphael Shimoyama, e os ex-alunos do Sepam: Jean Diniz Seixas e João Vitor Chi.

Os jogos envolvendo os prédios do Colégio Sepam e do Sepam Vestibulares no Minecraft podem ser visualizados nestes links: https://youtu.be/tLlvvOdbNQ8 e https://www.instagram.com/p/CCBsKFhB-V6/ .

Colégio Sepam

Fundado em 1939 na cidade de Ponta Grossa (PR) pelos professores Roberto Emílio Mongruel e Altair de Oliveira Mongruel, o Sepam é uma instituição de ensino particular de nível infantil, fundamental, médio e pré-vestibular. Possui duas unidades em operação, sendo a segunda na cidade de Castro (PR), inaugurada em 1993.  Com perfil arrojado e inovador, o Colégio Sepam implantou, em 2015, o programa de ensino médio internacional - o High School -, por meio de um convênio com a Universidade de Missouri (Estados Unidos). Na unidade Sepam Vestibulares, a Instituição completa 40 anos de atuação no segmento de pré-vestibular, consolidado como um dos líderes em aprovações do Paraná, com mais de dez mil aprovações em destacadas universidades brasileiras. O Colégio Sepam tem como linha filosófica a formação humanista de seus alunos e possui professores bilíngues com formação em diferentes áreas da licenciatura. Mais informações: sepam.com.br,  facebook.com/sepamcolegio e @sepamcolegio (Instagram).

Márcia Leite/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios