Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O governador Beto Richa inaugurou na sexta-feira, 24, o Colégio Estadual Vista Bela, de Londrina. A nova unidade, que fica na Região Norte da cidade, tem capacidade para 2.500 estudantes do ensino fundamental e ensino médio, em três períodos.


O novo colégio estadual recebeu investimento de R$ 5,3 milhões, feito em parceria pelo Governo do Estado e Ministério da Educação. Um dos grandes articuladores pela conquista foi o deputado federal Alex Canziani (PTB): “procuramos acelerar o processo da construção em Brasília, no Ministério da Educação, e conseguimos viabilizar boa parte dos recursos para as obras”, destaca o deputado paranaense, que preside a Frente Parlamentar da Educação do Congresso Nacional. Quem também colaborou intensivamente para a conquista da escola foi o deputado estadual Thiago Amaral (PSB).


A nova unidade atenderá moradores do conjunto Residencial Vista Bela, um dos maiores do país, que abriga cerca de 10 mil pessoas. Também serão atendidos estudantes dos bairros Jardim Padovani, Moradas de Portugal, Maria Celina, Ilha do Mel e Jardim Everest.


Durante a solenidade no local, realizada pela manhã, o governador disse que a região Norte de Londrina cresceu muito e que precisa de serviços públicos de qualidade. O novo colégio conta com 24 salas de aula, quadra coberta, laboratório de informática, sala de múltiplo uso, laboratório para ciências e biblioteca, além de salas para professores, direção, pedagogos, arquivo, secretaria, pátio descoberto, refeitório completo, cozinha, despensa para alimentos, depósito para material de limpeza, cantina, sanitários, passarela, elevador e casa do zelador.


As aulas iniciam já no ano que vem. Há previsão de atendimento para o início do ano letivo de 2018, com a preparação das cartas - matrículas para o 6º ano do ensino fundamental e 1º ano do ensino médio. Também acontece a abertura para o cadastramento de alunos para os demais anos dos ensinos fundamental e médio para abertura de turmas.


O colégio também vai contribuir com a rede municipal de ensino. Em função da necessidade de atendimento das séries iniciais, Estado e prefeitura firmaram acordo de dualidade administrativa para uso do espaço para séries iniciais.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios