Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Projeto de estudantes de Maringá conscientiza a família sobre o impacto do sódio presente nos alimentos

Para combinar teoria e prática e estimular os alunos a refletir sobre a sua alimentação diária, o Colégio Marista de Maringá propôs uma atividade diferente. A partir do mapeamento dos alimentos mais consumidos nas casas dos estudantes, a turma do 5º ao 7º ano do Ensino Fundamental Integral perceberam que o sódio está muito presente em seus pratos e discutiram sobre os efeitos dessa substância na saúde.

De acordo com a coordenadora do Ensino Fundamental, Claudia Hashimoto, o projeto começou com um bate-papo, em que apareceram questionamentos sobre a utilidade do sódio; em que alimentos ele pode ser encontrado; quais são as quantidades recomendadas para consumo e que consequências seu uso em excesso pode trazer para a saúde.

Enquanto pesquisavam sobre os alimentos mais comuns em suas casas, chamou a atenção dos alunos a presença do sódio em produtos que eles não imaginavam, como a água mineral. Os participantes do projeto foram ao laboratório do colégio para simular com sal de cozinha a quantidade de sódio existente em alguns alimentos, e decidiram compartilhar com o resto dos colegas os seus aprendizados.

Um dos alunos teve a ideia de criar um site, alimentado com as informações das pesquisas conduzidas por eles. Além disso, foram feitos cartazes para serem espalhados pelo colégio. Ainda pensando na busca por uma alimentação mais saudável, os estudantes, com o apoio das professoras Cristiane Bono e Jéssica Sigaki, prepararam um sal de ervas para substituir o sal de cozinha em suas refeições.

A receita foi feita seguindo as orientações de prevenção da covid-19 e foi levada para casa como uma lembrança do projeto.

Para diminuir a ingestão diária de sódio

Uma alimentação rica em sódio pode trazer diversos efeitos negativos para o corpo. Alguns exemplos de problemas que podem aparecer são o aumento da pressão arterial; aumento risco de doenças cardíacas ou de acidente vascular cerebral (AVC) e comprometimento das funções renais.

O sal de ervas é uma opção de tempero natural e, além de terem vitaminas e propriedades benéficas para a saúde, as especiarias o tornam mais saboroso que o sal tradicional. Confira abaixo como fazê-lo.

Receita: Sal de Ervas

Ingredientes

100g de manjericão desidratado

100g de orégano

100g de salsinha desidratada

2 colheres de chá de raspas da casca de limão de qualquer tipo. Cuide para não raspar a parte branca.

Modo de preparo

Adicione o manjericão, o orégano e as raspas de limão no liquidificador ou no processador de comida. Bata por um minuto e guarde a mistura em um recipiente fechado. Use em até duas semanas.

Asimp/Colégios Maristas:

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.