Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Recursos totalizam R$350 mil; são provenientes de emenda parlamentar e termo de execução descentralizada da Secretaria de Audiovisual (SAV) do Ministério da Cultura

O Escritório da Regional Sul de Londrina do Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (CTI), unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, que está em fase de implantação na cidade, abre processo seletivo para a escolha de Bolsistas CNPq. A seleção visa apoiar os arranjos produtivos locais de Audiovisual e TI, áreas em franca expansão em Londrina.

O objeto do edital é selecionar profissionais para atuarem em atividades de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) nos setores cultural, de ciência, de tecnologia e nos APLs de audiovisual e TIC da cidade de Londrina. Além disso, o edital visa a formação dos profissionais envolvidos na tecnologia de “Captura de Movimentos para animação 3D”, uma ferramenta para cinema de animação e jogos eletrônicos.

Os profissionais aprovados no edital deverão atuar no desenvolvimento de softwares que aprimorem e potencializem a sequência de pós-produção da captura de movimentos, bem como de vídeo digital e conteúdo interativo. Também atuarão na produção piloto de audiovisuais baseados na nova tecnologia.

Estão sendo buscados 3 tipos de perfis: “Perfil A” – Formação em multimeios, midialogia, cinema, publicidade, artes visuais, ciência da computação, computação, física, engenharias, análise e desenvolvimento de sistemas, Ciências Humanas Aplicadas e Ciências Exatas, Videodifusão, Comunicação Visual, Roteiro e Direção Cinematográficos, Técnicas de Registro e Processamento de Filmes, Artes do Vídeo.

“Perfil B” – Ciências Humanas Aplicadas, Ciências Sociais e Ciências Exatas.

“Perfil C” – Ensino médio, graduação em ciências humanas e da saúde.

Os recursos são oriundos de emenda parlamentar de R$ 200 mil apresentada pelo deputado federal Alex Canziani (PTB), e de termo de execução descentralizada da Secretaria de Audiovisual (SAV) do Ministério da Cultura, no valor de R$150 mil.

Canziani articula a instalação da unidade londrinense e conta com o apoio do prefeito Marcelo Belinati (PP). O Termo de Cooperação com o MCTIC foi formalizado em agosto do ano passado, em Brasília.  O Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer tem sede em Campinas (SP).

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios