Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

Diante de tantos problemas que tem ocorrido nas escolas públicas nos últimos anos, como depressão de  alunos, desgaste emocional dos professores e profissionais da educação e diante das situações extremas como ataques nas escolas de Realengo e Suzano, o deputado estadual Cobra Repórter apresentou  ontem (24), uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do Paraná, que acrescenta o inciso III, ao artigo 170, da Constituição Estadual, a garantia do atendimento psicológico individual ou coletivo, aos alunos e professores da rede pública de ensino.

"Hoje vivemos um momento totalmente diferente, onde a influência digital e o acesso a todo tipo de informação é praticamente livre e conteúdos, inclusive, violentos. Além disso, a relação familiar mudou muito, com os pais trabalhando e pouco controle sobre o que os filhos acessam. Aliado a isso os professores ficam com a maior responsabilidade de manter o controle destes alunos, gerando conflitos e um intenso desgaste emocional. Por isso, defendemos o atendimento psicológico anual para alunos e professores", afirmou o deputado.

O deputado destaca ainda que a assistência psicológica é fundamental no processo educacional, tanto no que se refere à melhoria da relação ensino-aprendizagem, quanto na resolução de conflitos no ambiente escolar.

Além disso, complementa o deputado, estes exames podem identificar diversos outros problemas como limitações de aprendizagem, depressão, conflitos familiares, abusos, problemas de autoestima e a saúde inclusive dos profissionais da educação, que exercem uma atividade apaixonante, porém muito desgastante no plano pessoal.

Cobra Repórter lembra ainda que, se aprovada, a medida passa a valer a partir do próximo mandato de governador, pois precisa constar no Plano Plurianual (PPA), mas também não há nada que impeça o governador Ratinho Junior de dar início à implementação da medida já neste mandato.

A PEC foi apoiada por diversos deputados e tem a sua tramitação garantida.

Meire Bicudo/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios