Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O governador Ratinho Junior anunciou, ontem (26), no Palácio Iguaçu, que o programa de colégios cívico-militares será implementado em 215 colégios estaduais de 117 municípios de todas as regiões do Paraná a partir de 2021.

Os colégios foram selecionados pela Secretaria de Educação e do Esporte e haverá uma consulta à comunidade escolar. O deputado estadual Cobra Repórter (PSD), vice-líder do Governo e defensor dessa modalidade de ensino, lembra que as consultas públicas acontecerão nas escolas indicadas para o programa nesta terça-feira (27) e quarta-feira (28), das 8 horas às 20 horas.

 “A consulta será em formato de referendo, cabendo à população dizer sim ou não ao modelo na escola em questão”, lembrou o deputado Cobra Repórter. Fazem parte da comunidade escolar professores, funcionários e pais de alunos matriculados na instituição. Caso o estudante seja maior de idade (18 anos), o próprio participa da consulta. É preciso levar um documento pessoal para votar e pais ou responsáveis votam de acordo com o número de matriculados sob sua tutela na escola, ou seja, uma mãe com três filhos pode votar até três vezes. É recomendável que cada pessoa leve sua própria caneta para registrar sua assinatura.

Para ter validade, mais de 50% das pessoas aptas devem participar da consulta. Se uma comunidade escolar for formada por 500 pessoas, é necessário um quórum de pelos menos 251 pessoas. Para migrar ao modelo cívico-militar basta a aceitação de maioria simples dos votantes da escola, ou seja, 50% e mais um voto do total. O resultado de todas as consultas deve sair até quinta-feira (29).

Entre as cidades contempladas como o novo modelo, estão: Arapongas, Bela Vista do Paraíso, Cambé, Cornélio Procópio, Ibiporã, Londrina, Ribeirão Claro, Rolândia, Santo Antônio da Platina, Sertanópolis, Siqueira Campos.

A relação completa você confere no http://www.aen.pr.gov.br/arquivos/2610colegios.pdf   

O investimento direcionado a cerca de 129 mil alunos será de cerca de R$ 80 milhões. É o maior projeto do País nessa área!

Meire Bicudo e Veruska Barison/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.