Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Responsáveis devem buscar a carta, de 23 a 26 de outubro, na mesma unidade escolar onde realizaram o cadastro

Na próxima terça-feira (23), a Secretaria Municipal de Educação (SME) vai começar a entrega das cartas-matrícula, para os alunos do P4 ao 1º ano, do ano letivo de 2019. Os pais e responsáveis precisam se atentar para buscar o documento na mesma unidade escolar em que fizeram o cadastro de seus filhos.

O documento não será encaminhado via Correios, visto que é necessária a apresentação de um documento pessoal com foto (RG) do responsável, para a retirada da carta. Todas as escolas municipais, Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) e Centros de Educação Infantil filantrópico (CEIs) terão até sexta-feira, dia 26 de outubro, para entregarem as cartas.

A carta-matrícula é um dos documentos necessários para a efetivação da vaga na rede municipal de ensino. Nela constam informações importantes, como o nome da unidade escolar onde a criança estudará em 2019 e os documentos que devem ser apresentados na efetivação da matrícula.

Entre os documentos originais e fotocópias que devem ser entregues estão: certidão de nascimento da criança, atestado de que a vacinação da criança está em dia (ele pode ser obtido gratuitamente nas Unidades Básicas de Saúde) e comprovantes recentes de residência, como as contas de luz (Copel) e de água (Sanepar).

A entrega desses documentos deve ser feita na sede da escola, CMEI ou CEI onde a criança estudará em 2019 (ela estará escrita na carta). Os pais têm do dia 29 de outubro até o dia 14 de novembro para se apresentarem na unidade escolar e efetivarem a matrícula de seus filhos.

O gerente de Matrícula e Documentação Escolar da SME, Junior Cesar Dias de Jesus, explicou que somente a busca pela carta-matrícula não garante a efetivação da matrícula dos estudantes, pois para efetivá-la é obrigatória a apresentação dos documentos descritos acima. Além disso, os pais devem respeitar rigorosamente os prazos estabelecidos pela Secretaria de Educação.

“Os pais devem se atentar aos prazos para a busca da carta e para a efetivação da matrícula, pois são prazos diferentes. Por isso, além de buscarem a carta-matrícula, os responsáveis precisam ir até a escola entregar a documentação completa. Aqueles que perderem qualquer um desses dois prazos, precisarão procurar a Secretaria Municipal de Educação, no início de 2019, para tentarem uma das vagas remanescentes”, esclareceu.

A escolha da unidade escolar onde as crianças serão matriculadas foi realizada pelos profissionais da SME, por meio do georreferenciamento, buscando garantir a proximidade da casa onde reside a criança da escola onde ela irá estudar.

Neste ano, 14.200 crianças foram cadastradas na rede municipal de ensino. No ano passado, com os dois chamamentos realizados, foram cadastradas menos de 12 mil crianças. Quem tiver dúvidas pode ligar para os telefones (43) 3375-0235 ou (43) 3375-0236, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

Ana Paula Hedler/NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios