Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Vagas foram preenchidas por crianças que já estavam matriculadas no período parcial

A Prefeitura de Londrina implantou, há cerca de duas semanas, a Central Única de Vagas na Educação Infantil, setor pelo qual a Secretaria Municipal de Educação faz o gerenciamento de todas as vagas existentes na cidade. Nos primeiros dias de funcionamento, o Centro já realizou o preenchimento de 500 vagas de período integral para crianças de zero a três anos de idade nos centros de educação infantil, públicos ou filantrópicos.

A secretária municipal de Educação, Maria Tereza Paschoal de Moraes, enfatizou que as 500 vagas foram preenchidas por aquelas crianças que já estavam matriculadas para o período parcial no ano de 2017. “Realizamos um grande levantamento a respeito da situação dessas crianças, cujas famílias necessitavam da matrícula em período integral. Para isso, foi feita uma triagem socioeconômica junto com a Secretaria Municipal de Assistência Social para analisar a condição das famílias e possibilitar a readequação dessas vagas”, explicou.

Segundo a secretária, desde quarta-feira (8) as crianças que estão ingressando na educação infantil, preenchendo as vagas destinadas para período integral, já começaram a ser convocadas para frequentar as aulas nas respectivas unidades de ensino. “Quando essa etapa de atendimento for finalizada, vamos começar a chamar as famílias que fizeram o cadastro na Central Única de Vagas para matricular suas crianças tanto no período parcial quanto no integral. Isso deve ocorrer a partir da primeira semana de abril. O início deste trabalho com a Central tem sido muito positivo e as famílias estão felizes em ver que estamos nos empenhando ao máximo para prestar o melhor atendimento”, destacou.

Atendimento - A Central Única de Vagas na Educação Infantil funciona das 7 da manhã às 18 horas, no Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Valéria Veronesi, na Rua Benjamin Constant, 800, ao lado do Terminal Urbano.

Matrículas - Os pais que desejam matricular seus filhos devem comparecer ao local com a documentação necessária em mãos. Será feito cadastro e agendamento de entrevista para avaliação da condição socioeconômica da família, com assistente social da Secretaria Municipal de Assistência Social.

Documentos para cadastro:

Apresentar também o documento original para conferência:

1 - Cópia da certidão de nascimento da criança;
2 - Cópia da carteira de vacinação da criança, atualizada;
3 - Comprovante de renda de todos os membros da família que trabalham. Pode ser:
    Cópia da CTPS (página da identificação, do contrato de trabalho e da última alteração salarial ou dos 2 últimos holerites), ou
    Declaração de próprio punho, no caso de trabalhador autônomo, que conste dados de renda, dias e horários de trabalho, ou
    Declaração do empregador, no caso do trabalhador sem registro na CTPS, constando dados de renda, dias e horários de trabalho(com firma reconhecida).
4 – Cópia do comprovante de endereço, em nome dos responsáveis;
5 – Número de inscrição em programas sociais (se tiver);
6 – Cópia do RG e CPF dos responsáveis;
7 – Caso a residência seja em casa alugada ou financiada, apresentar cópia do comprovante de pagamento.

N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios