Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Agentes do setor de Mobilização Social da Saúde estarão em unidades escolares e socioassistenciais, na quinta (13) e sexta-feira (14)

Como parte do trabalho em combate ao mosquito Aedes aegypti, que transmite a dengue, o zika vírus e outras doenças, a Secretaria Municipal de Saúde realizará, hoje (13) e amanhã (14), ações educativas por meio do setor de Mobilização Social. Os agentes de Endemias estarão em unidades escolares e socioassistenciais, para orientar as crianças sobre os perigos que o Aedes representa, e ensinar meios de impedir sua proliferação.

Hoje (13), às 9 horas, cerca de 60 alunos que estudam no Centro de Educação Infantil (CEI) Reverendo Jonas Dias Martins vão receber as mobilizadoras Marcia e Daniele. As crianças, da faixa etária de 2 a 4 anos, terão atividades da caixa do conto, teatro de fantoches, e uma das mobilizadoras se fantasiará de Aedes aegypti, para explicar aos alunos como eles podem impedir a procriação do mosquito dentro de suas casas. O CEI fica localizado na Rua Foz do Iguaçu, 245, Jardim Bancários.

De acordo com a agente de Endemias e integrante da Mobilização Social, Elaine da Luz, durante o momento da caixa do conto, as agentes utilizarão uma sacola decorada, e dentro há personagens das histórias de casos sobre a dengue. “É uma atividade bem lúdica, própria para as crianças. E no teatro do fantoche, contamos a história de um mosquito fêmea, que procura por criadouros para continuar sua família, mas que só se depara com quintais limpos, e não consegue reproduzir a espécie”, detalhou.

Pouco antes, às 8 horas, as mobilizadoras Marta e Rose estarão na unidade socioassistencial Meprovi Pequeninos, situada na Rua Santa Terezinha, 609, da Vila Santa Terezinha. Ali, aproximadamente 60 crianças com idade de 6 a 12 anos verão algumas exposições, como a maquete que mostra os quintais de forma certa e errada, ou seja, com e sem possíveis criadouros do mosquito transmissor da dengue.

As mobilizadoras irão levar também o larvário, que mostra o Aedes em diferentes estágios do seu ciclo de vida. “Ao observar essa exposição, as crianças tiram suas dúvidas e recebem informações sobre como prevenir a dengue e demais doenças que o mosquito transmite, como a febre amarela silvestre e a chikungunya”, citou Elaine.

No Meprovi Pequeninos, haverá ainda cartazes, distribuição de panfletos, boliche e dinâmicas para conscientizar os participantes a aderirem ao combate ao mosquito.

Na Escola Municipal Melvin Jones, da região oeste, as agentes de Endemias Daniele e Márcia levarão também exposições, com maquetes e larvário, panfletos e orientações a respeito do Aedes aegypti. As ações vão ocorrer hoje (13) e amanhã (14), pela manhã às 8 horas, e à tarde às 14 horas. A expectativa é que este trabalho tenha a presença de, aproximadamente, 190 estudantes.

Região norte

Ontem (12), a Mobilização Social participou da reunião de pais dos alunos que integram o projeto Integral do SESC Norte. O encontro, reuniu em torno de 150 pessoas, e retorna hoje (13), no mesmo horário. As mobilizadoras Fabiane de Jesus e Harriete estarão presentes distribuindo panfletos sobre a dengue e outras endemias. Haverá também exposição de um banner. O SESC Norte fica na Avenida Saul Elkind, 1.555.

As ações na unidade da zona norte do SESC incluem ainda um teatro de fantoches, que será apresentado para as crianças matriculadas nas turmas de Educação Infantil. A atividade acontece às 13h30, hoje (13).

E na Escola Municipal Professor Moacyr Teixeira, que fica no Conjunto Violim, os pais dos estudantes vão participar de uma palestra, com informações sobre como prevenir a dengue e combater o mosquito transmissor da doença. A reunião com os pais será realizada às 19 horas, na Rua Luiz Brugin, 715.

Região sul

As agentes de Endemias Elaine e Lucinéia também vão conduzir palestra sobre a dengue com pais e responsáveis dos estudantes, mas desta vez no Conjunto Cafezal. O encontro, que irá ocorrer no Colégio Estadual Professora Maria José Balzanelo Aguilera, envolverá também os servidores que atuam na unidade. O colégio fica localizado na Rua Tarcisa Kikuti, 55, e a palestra inicia às 19 horas.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios