Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Doação faz parte da campanha Livro Solidário, que destina material para as bibliotecas das escolas das comunidades rurais

O sanepariano Marcelo Souto, que trabalha na Unidade de Atendimento (USAT), em Londrina, conseguiu a doação de mais de 3 mil livros para a campanha Livro Solidário, desenvolvida pela Sanepar com o objetivo de levar literatura para as crianças das escolas rurais atendidas pela Unidade de Serviços de Pequenas Comunidades (USPC). O projeto é feito em parceria entre a USPC e a Unidade de Recursos Humanos (USRH).

Formado em Jornalismo, Marcelo faz graduação em Letras, especialização em Língua Portuguesa, e conta que ficou sensibilizado quando conheceu a campanha pela intranet. “Como eu gosto muito de ler e de escrever, pensei em fazer alguma coisa para ajudar as crianças que moram na zona rural e nem sempre têm acesso à literatura”, explica.

Ele então entrou em contato com a Biblioteca Pública de Londrina, a Biblioteca Infantojuvenil e a Biblioteca Lupércio Luppi – as três são municipais – para ver possibilidade dessas instituições fazerem as doações. “As bibliotecas públicas recebem muitas doações e fazem sempre renovação de acervo. Muitos livros ficam parados. Eu expliquei como funciona a campanha da Sanepar, enviei email e a resposta foi positiva”, conta.

Conseguiu, assim, mais de 3 mil exemplares. Como eram muitos livros, Marcelo conversou com o coordenador de Relações com a Comunidade (USPC), Roboão Senegaglia, para ver como o acervo poderia ser transportado para Curitiba. “Por malote, seria inviável. O Roboão sugeriu que eu entrasse em contato com a Unidade de Materiais (USMA) porque um caminhão percorre o Estado todo transportando materiais. E foi isso que fiz.”

Com seu carro, Marcelo carregou os livros até a USMA. Em duas datas diferentes, o caminhão fez o transporte até Curitiba. “Acredito que essas ações estimulam a gente a melhorar. A campanha da Sanepar é uma atividade de responsabilidade social e isso me mobilizou, me sinto feliz por ter contribuído de alguma forma”, afirma.

Roboão explica que agora os livros serão triados pela biblioteca da Sanepar. O que for literatura infanto-juvenil será destinado ao projeto Livro Solidário, que fará a doação à comunidade São Judas Tadeus, no município de Guaraniaçu, a 60 km de Cascavel. Livros de outro gênero serão doados à biblioteca pública do município. A entrega está prevista para o fim de junho. Os livros doados por Marcelo serão somados aos mil já arrecadados entre os saneparianos. Esta é a quarta edição do Livro Solidário. A campanha já entregou livros para localidades rurais de Rebouças, Prudentópolis e São João João do Triunfo.

“A nossa campanha é perene e as doações são sempre bem vindas. A iniciativa do Marcelo nos surpreendeu”, afirma Roboão. Segundo ele, o critério para a comunidade rural ser beneficiada com os livros é que ela receba o sistema de abastecimento de água da Sanepar. “Os resultados são muito positivos. Em Prudentópolis, a escola rural nem tinha biblioteca. Os livros ficavam numa sala. Com a doação da Sanepar, o prefeito ficou tão sensibilizado que resolveu construir uma biblioteca.”

Carina Paccola/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios


Notice: Undefined variable: usuario_tk in /var/www/vhosts/jornaluniao.com.br/httpdocs/widget_footer.php on line 245
NULL