Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Por meio do Programa Wash, de iniciação científica, oito trabalhos produzidos pelos estudantes municipais são exibidos no evento

A Escola Municipal Maestro Roberto Pereira Panico está representando Londrina durante a 18ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), em Brasília. Realizada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), a Semana reúne pesquisas, projetos, oficinas, produções artísticas e culturais de todo o país, até sexta-feira (10). Ao todo, oito trabalhos elaborados por alunos da escola municipal de Londrina fazem parte deste grande evento nacional, que começou no dia 3 de dezembro e recebeu, ontem (8), a visita do ministro Marcos Pontes.

Desde 2019, a Escola Municipal Maestro Roberto Pereira Panico participa do Programa WASH – Workshop Aficionados em Software e Hardware, voltado à iniciação cientifica e popularização da ciência por meio de atividades não formais. E foi graças à adesão ao Programa Wash que houve o convite para a unidade municipal integrar o estande do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Apresentando os trabalhos executados pelos estudantes, está a diretora Thatiane Verni Lopes de Araújo. Ela explicou que, em 2021, o programa realizou oficinas remotas para 31 alunos, orientados por bolsistas do Instituto Federal do Paraná (IFPR). Na Feira de Ciências que a escola realizou esta semana, foram expostos 20 trabalhos e, destes, oito estão sendo exibidos em Brasília.

As produções do Programa Wash em Londrina incluem uma mão biônica, um simulador de sensor de captura de escorpião, dispenser de álcool em gel acionado com os pés, planetário construído com sucatas, braço hidráulico, carrinho de brinquedo movido a ar, lixadeira elétrica e um periscópio. Todos esses projetos foram desenvolvidos durante as oficinas Maker e de linguagem de programação.

Segundo a diretora da Escola Municipal, participar da 18ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia é uma oportunidade incrível para a escola pública poder mostrar o trabalho de eficácia que realiza. “A aproximação com a ciência e a tecnologia traz um engajamento no espaço educacional e melhor resolução de problemas. As crianças com trabalhos expostos vão se sentir ainda mais motivadas a participar das próximas feiras, projetos e pesquisas”, comentou.

A implantação do Wash em Londrina foi intermediada pelo secretário municipal de Governo, Alex Canziani, enquanto deputado federal. Atualmente, o apoio ao programa tem continuidade por meio da deputada federal Luísa Canziani, através de emendas parlamentares.

O estande do Programa Wash no Paraná exibe ainda as produções do município de Prado Ferreira, onde a iniciativa também é aplicada.

NCPML

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.