Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Início das aulas foi adiado devido à onda de violência na região; um módulo da Polícia Militar foi instalado para dar mais segurança à comunidade

Foi realizada na tarde de ontem (25), uma reunião com a comunidade do Conjunto Novo Amparo, na região norte, para discutir sobre a reabertura das unidades municipais de educação do bairro.

No encontro, ficou definido que as aulas da Escola Municipal Elias Kauam e do Centro de Educação Infantil (CEI) Novo Amparo terão o retorno às aulas – previsto para ocorrer inicialmente nesta quinta-feira (26) – adiado para a próxima segunda-feira (30).

A secretária municipal de Educação, Maria Tereza Paschoal de Moraes, participou do encontro que reuniu representantes das polícias Civil e Militar (PM), o secretário municipal de Saúde, Luiz Soares Koury, e lideranças da comunidade.

Segundo a secretária Maria Tereza, um módulo móvel da PM foi instalado, provisoriamente, e permanecerá 24 horas em frente à escola municipal, localizada na Rua Maria Garcia Lopes, 178. “O objetivo é dar mais segurança aos servidores e crianças que frequentam o local. As escolas irão reabrir apenas no dia 30 para que nós possamos debater e resolver a situação da melhor maneira possível, garantindo a segurança da comunidade, que é o mais importante agora”, frisou.

A Guarda Municipal de Londrina (GML) dará apoio aos trabalhos realizados naquela região com agentes fazendo patrulhamento para a equipe e servidores da escola e do CMEI. “Haverá rondas e trabalhos nos horários de entrada e saída dos alunos e funcionários. A comunidade pode entrar em contato através do 153”, informou o diretor operacional da GML, Daniel Sakama.

Saúde - Segundo o secretário municipal de Saúde, Luiz Soares Koury, a Unidade Básica de Saúde (UBS) do Conjunto Novo Amparo permanece temporariamente fechada. “A comunidade deve continuar procurando o atendimento na UBS do Milton Gavetti. A expectativa é que amanhã (26) será tomada uma decisão sobre essa questão”, explicou.  

Reunião - Uma nova reunião será realizada nesta quinta-feira (26), às 16 horas, na Câmara Municipal de Londrina. A intenção é discutir os problemas relacionados à onda de violência no Jardim Novo Amparo, além das possíveis medidas de segurança que permitam o funcionamento de serviços públicos da região, como a possibilidade de permanência do módulo da PM. O encontro será na sala de reuniões da Câmara Municipal e contará com a presença de secretários municipais e lideranças do Executivo, vereadores, forças policiais e liderenças da comunidade.

Participaram, ainda, da reunião desta quarta-feira (25) o chefe de gabinete da prefeitura, Bruno Ubiratan, e o vereador Amauri Cardoso.

N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios