Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

As ouvidorias, divididas por áreas (Recursos Humanos, Planejamento, Infraestrutura etc.), foram criadas para possibilitar aos diretores um momento adequado para o registro de sugestões e o esclarecimento de dúvidas a respeito de programas e processos da secretaria.

Mais de 800 diretores escolares participam ontem (28), em Curitiba, de ouvidorias promovidas pela Secretaria de Estado da Educação e do Esporte durante o Seminário Foco na Aprendizagem, evento formativo que vai até esta sexta-feira (31).

As ouvidorias, divididas por áreas (Recursos Humanos, Planejamento, Infraestrutura etc.), foram criadas para possibilitar aos diretores um momento adequado para o registro de sugestões e o esclarecimento de dúvidas a respeito de programas e processos da secretaria.

A partir desse diálogo, a secretaria estuda formas de aprimorar e inovar processos que impactam diretamente o cotidiano dos profissionais da educação. Os resultados podem ser observados na prática: foi graças às ouvidorias promovidas em 2019 que a pasta conseguiu, por exemplo, implementar mudanças na distribuição de aulas e assim contornar um problema antigo, o do “professor pula-pula”, quando o docente tinha que dar aula em muitas escolas. Em 2020, 70% dos docentes darão todas as suas aulas em apenas uma instituição.

E há outras conquistas alcançadas colaborativamente. “As ouvidorias são um momento muito importante. Graças a elas e aos diretores que participaram, conseguimos mudar muita coisa na rede estadual”, disse o secretário Renato Feder. Segundo ele, o Mais Aprendizagem veio da ouvidoria, foi um pedido dos professores e diretores. “O programa Educa Juntos também foi pensado a partir das sugestões da rede, para estarmos mais próximos dos municípios”, acrescentou.

O programa Mais Aprendizagem oferece atividades no contraturno, possibilitando ao estudante mais tempo na escola e reforço na aprendizagem. Ampliado em 2020, vai beneficiar alunos de 1,3 mil escolas estaduais. Já o Educa Juntos é um programa que prevê a colaboração entre Estado e municípios em prol da educação. Entre as principais ações do Educa Juntos estão a disponibilização gratuita para os municípios de instrumentos de avaliação, como Prova Paraná e Avaliação de Fluência.

Minha Escola Sempre Nova

Os diretores escolares presentes no seminário receberam, ainda, o repasse de uma cota extra do Fundo Rotativo para as escolas, no âmbito da ação Minha Escola Sempre Nova.

O recurso é destinado para pequenos reparos nas escolas e aquisição de materiais. Ao todo, o Minha Escola Sempre Nova irá repassar R$ 20 milhões, divididos entre todas as 2.126 escolas estaduais.

Presente na assinatura dos pagamentos, o vice-governador Darci Piana destacou a preocupação do Governo do Paraná em manter a qualidade da infraestrutura escolar e investir na manutenção adequada das instituições. “No ano passado conseguimos entregar mais de 200 reformas e para esse ano temos quase 300 reformas em vista, para deixar nossas escolas em condição de garantir um bom ensino”, disse.

Segundo Piana, a destinação dos R$ 20 milhões para a cota extra do Fundo Rotativo demonstra o compromisso do Governo do Paraná com a inovação e a qualidade da Educação.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios