Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O senador Flávio Arns usou as redes sociais para manifestar apoio ao documento assinado por diversas entidades nacionais ligadas à educação que exigem a suspensão do calendário previsto para o Enem 2020. Na solicitação coletiva, que foi encaminhada ao Ministério da Educação, as instituições que representam a sociedade civil pedem que as autoridades responsáveis pela área aguardem o retorno às atividades presenciais para a definição do cronograma de realização do exame.

Para Arns, a realização do Enem no contexto atual pode colocar a sociedade diante de dois grandes problemas. “No campo da saúde, a exposição dos estudantes (e de todas as pessoas envolvidas na logística necessária para a aplicação do exame) ao risco de contágio pela Covid-19. No campo da educação, o notável prejuízo que grande parte dos alunos está tendo pela dificuldade de acesso e falta de condições adequadas para a aprendizagem dos conteúdos exigidos nas avaliações”, avalia.

O senador lembra que o Enem é o instrumento que garante o acesso de milhões de jovens brasileiros ao ensino superior. “Impor o exame no contexto atual significa permitir que a desigualdade educacional contra a qual sempre lutamos seja agravada ainda mais. Por isso, estamos apoiando todas as medidas que levem à sua suspensão para garantir segurança e igualdade de oportunidades para nossos estudantes”, conclui.

Confira a íntegra do documento apoiado pelo senador:  http://www.anped.org.br/news/solicitacao-coletiva-de-suspensao-do-calendario-do-enem

Greicy Pessoa/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios