Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O Fórum de Docentes e Discentes poderá ser acompanhado pelo YouTube. As inscrições estão abertas

O tradicional Fórum de Docentes e Discentes do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR) é promovido anualmente em parceria com as Instituições de Ensino do Estado. Direcionado para professores e alunos das áreas da Agronomia, Engenharia e Geociências, o Fórum traz à tona as principais discussões, desafios, novidades e referências profissionais da classe.

A 28ª edição do Fórum ocorrerá nos dias 27 e 28 de setembro, na Universidade Positivo (UP), em formato híbrido. A participação presencial no evento será limitada devido ao protocolo de segurança contra a Covid-19, mas o Fórum será transmitido ao vivo pelo canal do Crea-PR no YouTube.

Para o Gerente de Relações Institucionais do Crea-PR, Claudemir Prattes, a principal temática que permeia toda a programação do evento é a Nova Diretriz Curricular. Segundo ele, um grande desafio pelo qual as Instituições de Ensino passarão nos próximos dois anos, no sentido de adaptar os projetos pedagógicos e implementar uma nova forma de praticar as Engenharias, Agronomia e Geociências.

“Estamos em um momento de transição. Saindo de uma pandemia e, ao mesmo tempo, implementando as novas diretrizes curriculares da educação nacional. Este é um momento extremamente desafiador para todos os professores, coordenadores de curso, acadêmicos e Conselhos Profissionais. Todo o sistema profissional está empenhado neste desafio de adaptação dos projetos pedagógicos, que traz uma visão mais humanizada e aplicável para os cursos”, avalia Prattes.

Além disso, o Gerente do Crea-PR ressalta que o ensino à distância - essencial nos momentos mais críticos da pandemia - deixará lições importantes para as Instituições de Ensino. “O recomendado é que se tenha um equilíbrio entre o on-line e o presencial, sempre com foco na qualidade do ensino. Nesse período de pandemia, percebemos perdas e ganhos com o ensino à distância, mas os bons cases devem ser levados em consideração, até porque as profissões afetas ao sistema são ligadas intimamente a áreas tecnológicas”, afirma.

A importância das habilidades sociocomportamentais dentro das profissões das Engenharias é outro tema central do evento. A analista técnica sênior do Centro de Inovação de Longevidade e Produtividade do SESI, Isabela Drago, é uma das palestrantes e vai apresentar um estudo sobre o perfil profissional ideal para a indústria 4.0.

“Dentro do estudo, existe uma associação direta com cada pilar tecnológico, pensando na indústria 4.0, mas também tem um olhar mais geral onde fizemos um ranqueamento das 30 habilidades mais frequentes dentro da nossa linha de estudo. Dentre as 30, 17 delas são habilidades sociocomportamentais, ou seja, o profissional do futuro deve ter domínios para além da técnica. A maior parte dos profissionais são admitidos pelo conhecimento técnico, mas são demitidos pelo lado comportamental”, explica. A palestra da Isabela será no dia 27 de setembro, às 15h15.

Asimp/Crea/Pr

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.