Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Evento reúne educadores e estudantes das cidades da região Oeste

Profissionais de todos os níveis de ensino e estudantes participam da etapa regional do III Encontro Nacional da Educação, no próximo sábado, 26, a partir das 9 horas, na Unila – Jardim Universitário. Com o tema “Por um projeto classista e democrático de educação”, a plenária reúne educadores e alunos de várias cidades da região Oeste.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pela internet, até o dia 24 de maio, ou com o envio de nome completo, instituição e documento de identidade para o e-mail fozdoiguacu@app.com.br. Será oferecido serviço de creche gratuito a crianças com até 10 anos de idade, filhos dos participantes do evento.

O ENE (Encontro Nacional de Educação) é uma mobilização nacional em defesa do ensino público e gratuito, realizada desde 2016. O objetivo é debater propostas e ações para fazer frente a medidas que privatizam e mercantilizam a educação em todos os níveis, envolvendo a sociedade brasileira em torno de um projeto democrático e popular de educação.

Para a secretária Educacional da APP-Sindicato/Foz, Greici Pereira, o encontro permite a discussão autônoma sobre a educação. “O ENE vai na contramão de conferências que nos últimos governos se tornaram estatizadas e incapazes de fazer a crítica e a autocrítica necessárias para a construção de um projeto classista, democrático e popular de educação”, expõe.

A educadora explica que as etapas preparatórias nas regiões, além de alinhar e fomentar o encontro nacional, constituem instrumentos de organização e articulação das entidades e de formação sobre a situação da educação pública “O objetivo é que nessas etapas preparatórias consigamos criar a Coordenação Estadual Permanente em Defesa da Educação Pública”, aponta Greici Pereira.

Clique para inscrever-se pelo formulário eletrônico.

Pautas do encontro

A programação da etapa regional do ENE em Foz do Iguaçu debate a conjuntura política e social do país e as recentes medidas governamentais que afetam a escola pública. A discussão acumulada é compartilhada nas plenárias estadual e nacional, previstas para acontecer nos próximos meses de julho e agosto.

Orçamento público e destinação de 10% do PIB para a educação, terceirização, carreira, privatização, reforma do Ensino Médio e Base Nacional Curricular Comum são alguns temas em debate. A pauta ainda inclui a tentativa de desmonte do ensino universitário por meio do corte de verbas e do estímulo à educação superior particular.

A etapa regional Oeste do Encontro Nacional de Educação é organizada pela APP-Sindicato/Foz, APP de Luta e Pela Base!, APP-Sindicato/Toledo, Sinteoeste, Sesunila e Centro de Direitos Humanos e Memória Popular de Foz.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios