Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A Comissão de Política Salarial do Governo do Paraná autorizou a contratação de professores temporários nas universidades estaduais para o segundo semestre. Das sete universidades públicas do Estado, apenas duas já haviam recebido autorização – a Universidade Estadual do Centro-Oeste (Uenp) e a Universidade Estadual do Norte do Paraná (Uenp).

A aprovação da solicitação das demais instituições foi definida em reunião extraordinária da comissão, realizada na segunda-feira (29), após esclarecimentos apresentados pela Unespar, UEPG, UEM, Unioeste e UEL a respeito de gastos feitos desde o início do ano.

A contratação de temporários está vinculada a algumas condições. Entre elas, a redução de 10% de horas extras, a imediata interrupção do pagamento da gratificação de Tempo Integral e Dedicação Exclusiva (Tide) para funcionários não enquadrados ao benefício e a retirada das despesas com bolsa dos programas de residência da folha de pagamento das universidades.

Transparência

Outra condicionante definida na reunião, válida para todas as universidades públicas do Estado, é a inserção da folha de pagamento no sistema Meta4. Das sete universidades, duas já adotam o Meta 4: Uenp e Unespar.

A plataforma é responsável pela gestão da folha salarial dos servidores do Estado e permite a analisar se todos os itens que compõem a remuneração dos funcionários têm, entre outros aspectos, base legal.

A Secretaria da Administração e Previdência preparará um cronograma de execução para a inserção das universidades no Meta4. A eventual suplementação de recursos para outras despesas será condicionada ao cumprimento integral do calendário.

A comissão também decidiu que a Secretaria da Administração, em conjunto com a Superintendência da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, fará uma revisão de todos os pagamentos em folha que suscitem dúvidas e questionamentos.

A Comissão de Política Salarial autorizou a contratação da seguinte carga horária:

UEL - Universidade Estadual de Londrina

Autorizada a carga horária de 8.366 horas mensais de contratação de docentes temporários para o segundo semestre do exercício 2019.

Autorizada a realização de serviços extraordinários pela Universidade, no segundo semestre de 2019, no limite de R$ 5.378.873,46 milhões.

UEM – Universidade Estadual de Maringá

Autorizada a carga horária de 18.000 horas mensais de contratação de docentes temporários para o segundo semestre do exercício 2019.

UNIOESTE – Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Autorizada a carga horária de 8.435 horas mensais de contratação de docentes temporários para o segundo semestre do exercício 2019.

UEPG – Universidade Estadual de Ponta Grossa

Autorizada a carga horária de 7.500 horas mensais de contratação de docentes temporários para o segundo semestre do exercício 2019

UNESPAR - Universidade Estadual do Paraná

Autorizada a carga horária de 10.500 horas mensais de contratação de docentes temporários para o segundo semestre do exercício 2019.

UNICENTRO - Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná

Autorizada a carga horária de 10.820 horas mensais de contratação de docentes temporários para o segundo semestre do exercício 2019.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.