Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O Instituto Agronômico do Paraná (Iapar) e a Universidade Federal do Paraná (UFPR) assinaram nessa quarta-feira (29) um termo de cooperação técnica que beneficiará cerca de três mil alunos da graduação e pós-graduação do setor de Ciências Agrárias. Com a parceria, os estudantes terão à disposição uma estrutura maior de pesquisa e de projetos, mais sintonizada com a realidade do estado do Paraná. 

Os alunos terão acesso aos projetos desenvolvidos nas 19 estações experimentais do Iapar, distribuídas em várias regiões do Estado. O corpo técnico do Instituto será beneficiado com a integração, no acesso aos projetos desenvolvidos nos campus da UFPR. O acordo foi assinado nesta quarta-feira (29) pelo e pelo reitor da UFPR, Ricardo Marcelo Fonseca. 

De acordo com o diretor-presidente do Iapar, Florindo Dalberto, o acordo resultará em muitos benefícios para a sociedade paranaense. “Esta parceria possibilitará a ampliação da pesquisa tecnológica, de maior disponibilidade do conhecimento técnico-científico na formação de pessoas de uma instituição reconhecida como a UFPR”, disse. O convênio terá a duração de cinco anos, podendo ser renovado. 

“Estamos honrados e privilegiados com este acordo nesse momento institucional”, afirmou o reitor da UFPR, Ricardo Fonseca. 

INTEGRAÇÃO - Um dos programas que alunos e professores poderão participar e se envolver, de acordo com Dalberto, será o programa estadual de Conservação de Solos, que é uma demanda do setor rural paranaense e que muitas instituições estão sendo chamadas a colaborar. 

Para o professor Amadeu de Bona, diretor do setor de Ciências Agrárias da UFPR, esse convênio representa um resgate do que acontecia anteriormente, quando a maioria dos professores da universidade eram egressos dos órgãos públicos dos setores vegetal e animal. “Esses profissionais trabalhavam na Secretaria de Agricultura, em seus vários departamentos, e vinham dar aula nas universidades, o que possibilitava a integração entre o conhecimento e a prática”, disse. 

Com o passar do tempo, houve um afastamento dos profissionais dessas instituições, relação que poderá ser resgatada com esse convênio. “Essas instituições poderão contribuir com a experiência de seus técnicos na formação dos nossos alunos”, complementou. 

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios


Notice: Undefined variable: usuario_tk in /var/www/vhosts/jornaluniao.com.br/httpdocs/widget_footer.php on line 245
NULL