Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A iniciativa visa instruir melhor os profissionais sobre a produção de vídeos com o aplicativo KineMaster

A Secretaria Municipal de Educação (SME), por meio da Gerência de Ensino Fundamental e Gerência da Educação Infantil, estão promovendo uma prática pedagógica direcionada a todos os professores da rede municipal de ensino. Essa ação faz parte de uma proposta intitulada de “De Professor pra Professor” a iniciativa tem como objetivo estabelecer uma comunicação mais direta com os professores. Nesta prática pretende-se auxiliar os docentes na produção de vídeos para as aulas remotas. A atividade irá acontecer na próxima quinta-feira (16), tanto no período matutino quanto vespertino, através da plataforma Google Meet. Algumas ações, porém, já foram iniciadas.

De acordo com a gerente de Ensino Fundamental, da SME, Adriana Biason, a prática visa ensinar os professores, por meio de tutoriais disponíveis na página “Educação em Tempos de COVID-19”, vinculada ao portal oficial da Prefeitura, algumas funcionalidades do aplicativo de edição de vídeos “KineMaster” (utilizado para a produção de aulas remotas). “Todos os professores da rede municipal vão participar desta experiência. No dia da prática pedagógica eles vão realizar um tour remoto pela página da Educação em Tempos de COVID-19 e terão acesso a tudo o que foi produzido. Após isto receberão dicas de ferramentas digitais. Neste espaço será escolhido uma das diversas técnicas de produção de vídeos com o KineMaster”, explicou.

Ainda segundo a gerente, cada Escola Municipal ou CMEI será responsável por colocar em prática a sua respectiva atividade pedagógica. “São várias as ferramentas e técnicas que ficarão acessíveis no portal. Cabe a cada unidade de ensino escolher qual chega mais próximo das necessidades da instituição. Duas pessoas serão responsáveis por ministrar estas atividades. Uma se trata do coordenador pedagógico da escola e a outra diz respeito a um professor com mais experiência técnica em edição de vídeos”, disse.

Nesta semana duas ações já haviam sido promovidas pela SME, a fim de preparar as unidades de ensino para a aplicação desta prática pedagógica. Na segunda-feira (6) uma formação, direcionada aos coordenadores de cada unidade, aconteceu com o intuito de apresentar as ferramentas que poderão ser estudadas pelos professores na próxima quinta (16). Participaram deste evento 153 profissionais, de forma virtual. Na quinta-feira (9), quase 200 docentes tiveram uma formação como Mediadores de Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação (TDICs).

Práticas Pedagógicas – São atividades realizadas, mensalmente, com a finalidade de proporcionar formação e estudos na própria unidade escolar. Devido à pandemia do novo coronavírus estas ações haviam sido suspensas. Desde o mês passado, porém, foram retomadas de maneira on-line. Em junho, essa ação propôs estudos sobre o monitoramento das atividades remotas e orientações para a reformulação dos Planos de Estudos Dirigidos (PED)

De acordo com Biason, o retorno destas práticas atende a necessidade identificada nas respostas dos professores obtidas por meio de uma consulta realizada em maio “A prática pedagógica, quando realizada presencialmente, é um ponto de encontro dos docentes na unidade educacional. Eles sempre discutem as suas realidades e as necessidades de trabalho. É um momento formativo pensado pela unidade, a fim de responder as suas demandas. Já neste tempo de pandemia, a prática pedagógica corresponde a necessidade do professor de estar conectado com os seus colegas, mesmo que por meio de uma tela virtual. É uma reunião que atende tanto a questão profissional, quanto a necessidade pessoal de estar junto a seus pares”, frisou.

Ao todo esta prática pedagógica terá uma duração de 4 horas. A iniciativa é uma organização da Gerência de Ensino Fundamental, em parceria com a Gerência de Educação Infantil e do Apoio Pedagógico em TDICs.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios