Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Equipes da rede municipal se destacaram nesta que foi a primeira edição do torneio, entre mais de 4 mil alunos de quatro países

Alunos da rede municipal de Londrina venceram a primeira edição da Olimpíada Internacional de Matemática e do Conhecimento (OIMC). Dentre as equipes do Grupo 1 (alunos do 4º e 5º ano) da rede pública, Londrina conquistou a liderança com medalha de ouro, e o terceiro lugar, com bronze. Além disso, foi destaque entre todos os times do Grupo 1, atingindo o nível Diamante.

Realizado em formato virtual, o torneio teve participação de quatro países e envolveu 4.611 estudantes, do 4º ano do Fundamental até o 1º ano do Ensino Médio, divididos entre rede pública e privada. A OIMC é uma realização do Instituto Alpha Lumen em parceria com a Hope Cup International.

 “Sabemos que essas olimpíadas têm revelado talentos no Brasil e no mundo. Grandes cientistas começaram ganhando olimpíadas quando crianças, então é um orgulho para nós destacar Londrina no cenário internacional pelo conhecimento de matemática”, comemorou a secretária municipal de Educação, Maria Tereza Paschoal de Moraes.

O resultado foi divulgado no último sábado (5), mas a preparação vem de longa data. Os 16 estudantes da rede municipal que participaram da OIMC são atendidos pela Sala de Recursos para Altas Habilidade/Superdotação, e foram coordenados pela professora Fabiane Chueire Cianca.

Por meio da Sala de Recursos, os estudantes recebem um acompanhamento diferenciado, para que consigam desenvolver e evoluir suas altas habilidades. “Entendemos que eles precisam de um espaço apropriado para que possam crescer cada vez mais. E a ideia é estimular, não necessariamente o conteúdo escolar, mas a criatividade, o raciocínio, e buscar a área de talento. Precisamos tirá-los da invisibilidade, identificar e defender essas crianças”, destacou Cianca.

A professora explicou que os 16 alunos foram divididos em duas equipes – Pequena Londres, que cravou o primeiro lugar, e Esquadrão da Inteligência. Enquanto seis crianças fizeram as atividades de matemática, dois colegas de cada equipe eram responsáveis pelas questões de conhecimentos gerais. Assim, todos puderam participar e entregar o seu melhor.

“Nos inscrevemos para essa primeira edição despretensiosamente, queríamos participar para ganhar experiência. E confesso que me surpreendi, o mérito é todo dos alunos. Meu papel era coordenar, conduzir e deixar a chama da equipe acesa. Eles resolveram tudo”, contou a professora.

A primeira fase da OIMC ocorreu em setembro, com classificação e prova da etapa seguinte em outubro. “Nem todos os alunos tinham computador, alguns usaram o celular para participar. Importante frisar o apoio dos pais, que ajudaram as crianças”, frisou Cianca.

Na sequência dessa avaliação, a segunda etapa definiu os times colocados em terceiro lugar, no mês de outubro. Dentre eles, a equipe londrinense Esquadrão da Inteligência. E os finalistas enfrentaram um grande desafio em novembro, na disputa pelas medalhas de ouro e prata, com conteúdo exclusivamente de matemática. “Como as provas foram on-line, eles fizeram uma confirmação do desempenho, também on-line, mas dessa vez ao vivo. As crianças receberam a prova, todas no mesmo horário, e tinham que resolver as questões”, contou a professora.

E no sábado (5), foi divulgado que a equipe Pequena Londres não só conquistou a medalha de ouro entre escolas da rede pública, mas também se destacou entre todas as equipes do Grupo 1 e atingiu o índice Diamante. A premiação dos alunos e professores será com certificados e medalhas, mais um troféu para as escolas.

O capitão da Pequena Londres, Davi Tofanelo de Moraes, de apenas 9 anos, se surpreendeu com o resultado. “Participar da Olimpíada foi algo inesperado. No começo eu estava nervoso, pois não sabia como eram os outros times. Mas quando passamos para a segunda fase, tentei ajudar o máximo a equipe, e me senti mais animado. Agora, com o diamante, não tenho nem o que dizer”, confessou.

A mãe de Davi, Caroline Depieri Tofanelo de Moraes, considerou a OIMC um desafio gratificante e motivador. “Era sempre muito bom ver o entusiasmo dele durante os estudos, a preparação, as lives, e até mesmo durante a prova, mesmo com todo o nervosismo e pressão”, citou.

Para a mãe, o suporte prestado pela Sala de Recursos trouxe ganhos positivos e tem feito diferença. “Não foi fácil tomar a decisão de transferi-lo da rede particular para a rede municipal, para poder participar desta sala de recursos especiais. Mas com certeza fomos bem guiados e foi a melhor decisão que tomamos, o próprio Davi certifica isso e nos agradece. Os conteúdos o desanimavam, por melhor que a escola fosse, mas hoje ele é super feliz”, disse.

Além da OIMC, os estudantes com altas habilidades/superdotação da rede municipal de Londrina participaram também da Olimpíada Brasileira de Robótica, Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica e Mostra Brasileira de Foguetes.

Equipes

Pequena Londres – ouro e diamante

Amanda Lanes das Mercês – E.M. Bartolomeu de Gusmão

Arthur Felipe Rodrigues Fávero – E. M. Norman Prochet

Davi Tofanelo de Moraes (capitão) – E. M. José Hosken de Novaes

João Vitor Moura Santos – E. M. Armando Rosário Castelo

Levy Nakanishi – E. M. Arthur Thomas

Lucas Lima da Cruz – E. M. Maestro Roberto P. Panico

Maria Eduarda Alves Oliveira – E. M. Nair Auzi Cordeiro

Murilo Duarte Santos – E. M. Maria Tereza M. Amâncio

Esquadrão da Inteligência – bronze

Ana Sara Andrade Moretão Cunha – E. M. Miguel Bespalhok

Douglas Vinícius França Gonçalves – E. M. Zumbi dos Palmares

Gabriel de França Schiavinato – E. M. Mábio Gonçalves Palhano

Heitor Gomes Maranhão – E. M. Miguel Bespalhok

Isaque Brizola Zorzi – E. M. Miguel Bespalhok

Matheus Maeda Brancalhão – E. M. Hélio Esteves

Victória Peña Ferreira (capitã) – E. M. Salim Aboriham

Vinícius Henrique Paes – E. M. Geni Ferreira

NCPML

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.