Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Permanece também o atendimento pedagógico presencial para seis alunos por sala de aula e a distribuição de merenda, para os atendimentos presenciais; estudantes entrarão em recesso de 12 a 23 de julho

A Prefeitura de Londrina prorrogou, até o dia 30 de julho, a suspensão das aulas presenciais nas escolas públicas municipais de Londrina, bem como nas creches municipais e entidades conveniadas com o Município de Londrina. As demais escolas e instituições de ensino, públicas e privadas, seguirão o regramento instituído pelo governo do estado do Paraná. O Decreto nº 710/2021, que estabelece a prorrogação, foi publicado no Jornal Oficial nº 4.383, de terça-feira (29).

Permanece também o atendimento pedagógico presencial para seis alunos por sala de aula, do P4 ao 5º ano. A medida permite que os estudantes levem as principais dúvidas e apontamentos para seus professores, referentes as atividades que desenvolveram na semana.

Os alunos podem permanecer por três horas seguidas na escola. Com isso, a Prefeitura mantém o serviço de merenda escolar, para os que vão presencialmente. A merenda pode entregue em forma de marmita, para consumo em sala de aula, evitando a aglomeração das crianças, ou no refeitório, de acordo com o horário de término das aulas.

Todas as unidades escolares municipais continuam seguindo os protocolos aprovados pela área técnica da Secretaria Municipal de Saúde, visando a proteção integral da criança e do adolescente. Entre as medidas estão: uso obrigatório de máscara facial, para professores e alunos, utilização de álcool em gel a 70% para a higienização das mãos, distanciamento social e limpeza constante dos locais de circulação dos estudantes e professores.

Férias

Em julho, do dia 12 ao dia 23, a Rede Municipal de Educação entrará em recesso escolar. Durante estas duas semanas, os alunos não terão atividades remotas, nem atendimento nas escolas. “Todos os anos temos uma previsão de recesso no mês de julho. Por isso fizemos a prorrogação do decreto até o dia 30 de julho e estamos preparados, caso haja uma retomada das aulas presenciais, após esse período”, afirmou a secretaria da pasta, Maria Tereza Paschoal de Moraes.

Atualmente 45 mil alunos e 5.600 professores estão na Rede Municipal de Educação. São 88 escolas municipais, 35 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) e 56 Centros de Educação Infantil (CEIs), conveniados com o Município.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios