Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

No dia 31 de julho de 2019, foi inaugurado, na Escola Municipal Nina Gardemann, (R. Dragem feld, 73 - Jardim Tokio), na Região Oeste de Londrina, o projeto de sustentabilidade denominado “Econina”, com propósito de implantar atitudes sustentáveis na comunidade escolar. O projeto é fruto de uma parceria entre a escola e o Instituto Federal do Paraná (IFPR) – Campus Londrina.

Na ocasião, participantes do programa de Residência Pedagógica do Curso de Ciências Biológicas e a professora preceptora Luciana Fernandes de Oliveira desenvolveram atividades práticas de educação ambiental com os alunos do Ensino Fundamental I.

Os participantes tiveram a oportunidade de confeccionar diversos materiais de decoração e espantalhos para serem utilizados na futura horta, uma das propostas do projeto. Além disso, as peças decorativas foram confeccionadas com material reciclável, como garrafas pets, tampinhas plásticas, lacres de latas de alumínio e jornal arrecadados pela escola.

 “A produção desses materiais, utilizados com o objetivo de orientar e conscientizar a importância da reciclagem de produtos utilizados no cotidiano, oportunizam a aprendizagem cognitiva, emocional e social dos alunos. O trabalho com os estudantes contribuiu de forma significativa para a formação dos residentes, agregando conhecimentos e vivências por meio de novas experiências e práticas educacionais sustentáveis”, explicou a professora Luciana Fernandes.

A previsão é de que outras atividades relacionadas à sustentabilidade sejam desenvolvidas ao longo do projeto.

Priscilla Bertolino/Asimp

Clique nas fotos para ampliar

Comentários:

De: Lucinea
09/08/2019 às 10:59

Parabéns aos professores, alunos, pais e comunidade que fazem parte deste projeto. A comunidade deve discutir a sustentabilidade e o desenvolvimento sustentável porque a cada dia mais os problemas ambientais estão afetando a qualidade de vida do homem. . Devemos também compreender que os recursos naturais podem acabar e seu uso consciente é fundamental para não comprometer a vida das futuras gerações.


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios