Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Ao todo, 138 alunos de zero a 5 anos poderão estudar na nova unidade escolar, que terá aulas em período integral e parcial

Ontem (26), a população pôde participar da assinatura da ordem de serviço para a construção do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) no Residencial José Bastos de Almeida. A solenidade com o prefeito Marcelo Belinati foi realizada na sede da Escola Municipal Prof. Dr. Carlos da Costa Branco, que fica na Avenida Paris, 515, no Jardim Piza.
 

A partir da assinatura deste documento terá início a construção do CMEI modelo Proinfância Tipo 2, na Rua Ernesto de Souza Guedes esquina com a Rua Nápoles. Em um terreno com 4 mil metros quadrados será erguida a obra com 890 metros quadrados, onde haverá seis salas de aula e multiuso para jogos, vídeos e atividades de artes; fraldário, lactário, refeitório, cozinha, lavanderia, banheiros adaptados para pessoas com deficiência, solário, pátio coberto, despensa e estacionamento para funcionários.
 

Ao todo, 138 alunos de zero a 5 anos poderão estudar na nova unidade escolar, que terá aulas em período integral para as crianças de zero a 3 anos e em período parcial para os alunos de 4 e 5 anos. Para isso, serão investidos R$ 1.962.844,21, sendo que R$ 1.267.584,72 advém do governo federal, por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e R$ 695.259,49 são dos cofres públicos municipais. Além desses recursos, a Secretaria Municipal de Educação investirá em mobiliários novos, assim todos os ambientes receberão os equipamentos necessários.
 

Durante a solenidade, o prefeito explicou que foram necessárias muitas tratativas para se chegar até a assinatura da ordem de serviço da construção deste CMEI. Isso porque, desde 2011, o Município vem trabalhando as questões burocráticas para a liberação de recursos e efetiva execução da obra. “Faz 10 anos que Londrina não constrói creches e, por mês, nascem em torno de 500 crianças e a maioria precisa de uma creche pública. O que acontecia era que os pais saiam para trabalhar e não tinham onde deixar seus filhos. Por isso, dentre todos os esforços que estamos tendo, um deles é para a construção dos CMEIs”, disse.
 

A secretária municipal de Educação, Maria Tereza de Moraes, também ressaltou a necessidade dos moradores da região sul em relação a um centro, que ainda não tinha sido construído. “Com a Central de Vagas conseguimos identificar a demanda da região, que é bem antiga. Havia uma previsão de há 10 anos construir um CMEI, porém o processo estava parado. Então, conseguimos concluir o processo de licitação para, então, darmos a ordem de serviço hoje. Em oito meses pretendemos entregar a creche”, frisou.
 

A construtora responsável pelas obras é Torres Novas EIRELI - EPP, de Guarapuava. Ela terá oito meses para concluir os serviços, ou seja, se não houver intercorrências a construção deve ser finalizada em maio de 2019. Assim, após a instalação do novo mobiliário, as crianças que hoje estão na fila de espera poderão ser matriculadas e começar a frequentar o CMEI no segundo semestre de 2019.
 

Outras obras

A Prefeitura de Londrina vai construir sete CMEIs em Londrina, ainda este ano, sendo três na região norte, dois na sul, um no distrito de Lerroville e um na região leste. No Distrito de Lerroville (zona rural) e no Jardim Belleville (norte) já foram assinadas as ordens de serviço para a construção. A de hoje (26), no Residencial José Bastos de Almeida (sul), foi a terceira.Além destas, receberão novos CMEIs os bairros Jardim Tarumã (leste); Jardim Santa Cruz (norte), Residencial Santa Clara (norte) e Jardim Nova Esperança (sul).

Outras obras

Durante a solenidade, o prefeito mencionou construções que estão em andamento. Entre elas está o Centro do Idoso da Região Norte, onde haverá cursos para a população acima de 60 anos e atividades de lazer, cultura e socialização. O município também deu início à construção do viaduto na Avenida Dez de Dezembro.
 

Estão sendo reformadas as Unidades Básicas de Saúde do Jardim Piza, do Conjunto Ernani Moura Lima, Vila Casoni, Jardim do Sol, Carnascialli, Jardim Alvorada, Centro Social Urbano e João Paz.
 

Em 2017, a Prefeitura também entregou as reformas das UBSs do Jardim Panissa/Maracanã e do Parque das Indústrias (Pind), inaugurou a Farmácia Municipal, convocou 78 servidores e reforçou a escala de urgência e emergência médica com mais 40 mil horas contratadas.
Ana Paula Hedler - NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios


Notice: Undefined variable: usuario_tk in /var/www/vhosts/jornaluniao.com.br/httpdocs/widget_footer.php on line 245
NULL