Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Decisão consta no decreto municipal nº 519, publicado na quarta-feira (29), conforme legislação estadual vigente em todo Paraná

Conforme antecipado pelo prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, durante coletiva transmitida online na terça-feira (28), a Prefeitura prorrogou a suspensão das aulas e atividades presenciais, da rede de ensino pública e privada, previstas anteriormente para 4 de maio. O novo decreto municipal nº 519 estabelece a suspensão das atividades até o dia 31 de maio, e a íntegra foi publicada na edição nº 4.054 do Jornal Oficial. O documento também será incluído na página exclusiva com informações sobre o coronavírus, no Portal da Prefeitura.

A decisão municipal segue o decreto estadual nº 4.230, de 17 de março de 2020, que suspendeu aulas e atividades escolares, em todo o Paraná, por tempo indeterminado, incluindo a rede privada e escolas especializadas. O objetivo desta medida é impedir aglomerações nas escolas, universidades, centros de educação infantil e outras unidades de ensino, o que facilitaria o contágio e transmissão do COVID-19.

O prefeito explicou que a suspensão das aulas presenciais é uma decisão corroborada pelo Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública (COESP), comitê local que reúne médicos de diversas especialidades e representantes de serviços da rede pública e privada, para analisar e definir as estratégias a respeito da pandemia de coronavírus, em Londrina. “Vamos manter o fechamento das escolas com base em análises técnicas, e com o amparo do COESP”, frisou.

A posição foi reforçada pela secretária municipal de Educação, Maria Tereza Paschoal de Moraes. “A Prefeitura entende, conforme as orientações do COESP, que as unidades escolares seriam um grande foco de aglomeração. E embora estejam sem as aulas presenciais, a escola continua chegando até os alunos. As famílias estão se engajando muito neste processo, e contamos com a união de professores, alunos e familiares, para superarmos esse momento da melhor forma”, complementou.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios