Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Atendendo pedido formulado pelo Ministério Público do Paraná, por meio da 7ª Promotoria de Justiça de Londrina, no Norte-Central do estado, a Justiça determinou que as escolas particulares localizadas no município reduzam o valor das mensalidades durante o período de pandemia. Os descontos deverão ser de 25% para o ensino superior, 20% para os níveis fundamental e médio e 30% para creche e pré-escola.

Conforme a decisão – que decorre de ação civil pública ajuizada em julho em conjunto com o Procon de Londrina –, os descontos deverão vigorar enquanto permanecer a proibição das aulas presenciais. Em caso de descumprimento da decisão, as escolas estarão sujeitas ao pagamento de multa diária de mil reais.

Ascom/MPPR

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.