Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Atendendo pedido formulado pelo Ministério Público do Paraná, por meio da 7ª Promotoria de Justiça de Londrina, no Norte-Central do estado, a Justiça determinou que as escolas particulares localizadas no município reduzam o valor das mensalidades durante o período de pandemia. Os descontos deverão ser de 25% para o ensino superior, 20% para os níveis fundamental e médio e 30% para creche e pré-escola.

Conforme a decisão – que decorre de ação civil pública ajuizada em julho em conjunto com o Procon de Londrina –, os descontos deverão vigorar enquanto permanecer a proibição das aulas presenciais. Em caso de descumprimento da decisão, as escolas estarão sujeitas ao pagamento de multa diária de mil reais.

Ascom/MPPR

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios