Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Projeto vai conciliar conteúdos específicos da graduação com conhecimentos atuais sobre a pandemia da Covid-19

Desde o início da pandemia causada pelo novo coronavírus, a doença Covid-19 se tornou objeto de estudos científicos em todo o mundo. A UEL tem se destacado no cenário nacional com várias linhas de pesquisas relacionadas ao vírus. A partir desta semana, os alunos do curso de Nutrição, do Centro de Ciências da Saúde (CCS), também vão iniciar um projeto relacionado ao principal tema da atualidade.

Idealizado pela professora Daniela Pinheiro, do Departamento de Histologia, do Centro de Ciências Biológicas (CCB), o projeto “Estudo Morfo-fisiológico de tecido epitelial: porta de entrada do novo coronavírus (Sars-CoV-2)” visa aliar um conteúdo já presente na grade curricular do curso de Nutrição – o estudo do tecido epitelial -  ao assunto de maior relevância do momento, como um diferencial importante para a formação dos estudantes.

As atividades do projeto serão realizadas por meio de encontros semanais de forma remota, já que as atividades presenciais estão suspensas desde o dia 17 de março, como medida de segurança e combate ao coronavírus. A professora Daniela e os alunos já iniciaram reuniões virtuais em aplicativos de videoconferência para discussões sobre definições do projeto.

“Os encontros em videoconferência são oportunos neste momento em que o isolamento social é necessário”, lembra a professora. “Dessa forma, será possível instruir e direcionar os alunos, além de atualizá-los quanto ao novo coronavírus, já que a terminologia científica traduzida por um professor pode ser repassada de maneira mais clara, principalmente aos alunos que estão iniciando um curso. Ajuda ainda a motivá-los, seja para estar sempre aprendendo ou mesmo para que busquem boas referências para se tornarem profissionais de destaque no futuro”, detalha a professora Daniela.

A professora Clisia Mara Carreira, coordenadora do Colegiado de Nutrição, recebeu o projeto com grande entusiasmo e acredita que será de grande valor para a formação dos primeiros nutricionistas graduados pela UEL.

“A proposta é bastante pertinente e extremamente importante neste sentido de associar o conteúdo básico sobre alguns epitélios específicos com a pandemia que está acontecendo”, destaca Clisia. “É um projeto muito bem elaborado, que traz uma opção de atividade para que os alunos do curso de Nutrição possam produzir conhecimento e fazer análises críticas sobre este tema tão importante, com base em informação de qualidade pautada pela ciência. Também é uma forma de fortalecer o vínculo entre alunos e professores durante o período de isolamento social”, completa a coordenadora.

Integração que foi muito bem recebida pelos estudantes, que reagiram com animação à iniciativa, mesmo sem a obrigação de participar. O conteúdo estudado não será alvo de avaliações e a adesão ao projeto é totalmente livre aos estudantes que se interessarem, visto que o calendário da graduação está suspenso.

“Achei perfeito”, destaca Gabrielle Siewert, aluna recém-aprovada para o curso de Nutrição no último vestibular da UEL. “Primeiramente, pelo aprendizado que teremos sobre este assunto tão importante. Depois, porque é uma atividade que poderemos desenvolver neste período em que as instituições estão fechadas por causa da quarentena”, completa.

“Também gostei bastante”, afirma a estudante Thais Takaki, caloura do mesmo curso. “O projeto nos ajuda a voltar a ter contato com a UEL. Ajuda até a aliviar um pouco a ansiedade quanto ao retorno das aulas e sequência do curso, que não tem previsão ainda”, avalia.

Outro aluno da primeira turma de Nutrição da UEL, Manoel Favaro, concorda com as colegas. E valoriza também o conhecimento que irá adquirir com o projeto.

“A expectativa é muito boa, ainda mais levando em conta a situação atual”, afirma Favaro. “Vai agregar bastante para a nossa formação também”, encerra.

Janaína Castro/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios