Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Novidade será o curso de Manutenção de Máquinas Pesadas Integrado; primeiros formandos já estão fazendo estágio na Klabin

O Centro de Educação Profissional Florestal e Agrícola de Ortigueira está com inscrições abertas para novos alunos até o dia 26 de novembro. Os estudantes interessados precisam comparecer presencialmente à instituição, de segunda a sexta, das 08h30 às 16h30, levando os seguintes documentos: RG, CPF, histórico escolar e declaração para aluno (a) que está cursando o 9º ano do Ensino Fundamental ou 3ª série do Ensino Médio com a assinatura da Instituição que o estudante está matriculado.

Os cursos oferecidos são:

·         Técnico em Operações Florestais (subsequente), destinado aos estudantes concluintes do ensino médio em 2021 ou em anos anteriores;

·         Técnico em Agronegócio (integrado), destinado aos estudantes concluintes do ensino fundamental em 2021;

·         Técnico em Manutenção de Máquinas Pesadas (subsequente), para alunos concluintes do ensino médio em 2021 ou em anos anteriores e;

·         Técnico em Manutenção de Máquinas Pesadas (integrado em período integral), para concluintes do ensino fundamental em 2021.

Neste ano, não haverá realização de provas e os alunos serão avaliados pelo desempenho escolar. Por isso a importância de apresentar o documento.

“Em 2021, a Escola vai formar seus primeiros alunos. Ao todo, serão 36 estudantes selecionados para o Programa de Estágio na Klabin, oportunidade que reforça a empregabilidade na área e mostra a importância de aliar o conhecimento técnico à prática profissional. Além disso, a oportunidade pode ir além do território regional, já que os profissionais estarão capacitados para ingressar em diversas empresas do setor florestal”, afirma Luciana Nadai, gerente de Gente e Gestão da Klabin.

Para melhor atender os estudantes, a Escola Técnica Florestal e Agrícola de Ortigueira oferece uma infraestrutura completa de laboratórios, quadra, refeitório e oficinas, além de também disponibilizar um internato exclusivo para estudantes dos cursos ofertados na modalidade integrado em período integral, que tenham até 16 anos incompletos e que residam a uma distância da instituição que impeça o deslocamento diário. “Essas condições ampliam a abrangência e permitem o atendimento a todos os estudantes da região que estejam interessados em ingressar no setor florestal”, complementa Sueli Martins, chefe do Núcleo de Educação de Ortigueira.

Marcela Rahal/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.