Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Estudantes de Londrina visitam planetário para entender o fenômeno

Se o sol não aparece durante a noite, por que a lua pode ser vista durante o dia? A resposta para essa “intromissão” lunar está em dois fatores: a luz que a própria lua reflete e sua órbita ao redor da Terra.

Ou seja, a lua, objeto celeste mais próximo do nosso planeta, não tem luz própria. O que vemos no céu é a luz do sol refletida em sua superfície. O outro fator é a rota que a lua percorre ao redor da Terra, que permite que ela seja vista total ou parcialmente, conforme fases específicas do ciclo. Somados, esses fatores fazem com que a lua seja vista no céu também durante o dia.

Para entender essa e outras questões, os alunos da Educação Infantil IV C do Colégio Marista de Londrina vão até o planetário da cidade no dia 17 de outubro. Segundo a professora da turma, Aline Machado, as crianças estão investigando em várias fontes para obter as respostas. “Guiados pela curiosidade, os alunos estão buscando livros, filmes, observando o ambiente com olhar mais aguçado. O projeto de investigação estimula o teste de hipóteses e pesquisas para construir conhecimento desde cedo”, comenta.

Lola Dias/Asimp

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.