Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Programa inédito entre universidade, multinacional e poder público  amplia a empregabilidade de pessoas com deficiência no mercado de trabalho

O Brasil possui mais de 45 milhões de pessoas com deficiência, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Para ampliar a inclusão deste público no mercado de trabalho, a Pontifícia Universidade Católica (PUCPR) - Câmpus Londrina, em parceria com a multinacional Tata Consultancy Service (TCS) e a Secretaria Municipal do Trabalho de Londrina, promove um curso especial de capacitação para portadores de necessidades especiais.

O programa acontece na Universidade por meio do Projeto Comunitário e está dividido em três módulos: informática, comunicação e desenvoltura profissional. As aulas são ministradas com a equipe da TCS e estudantes dos cursos de Psicologia, Administração, Engenharia de Produção e Direito. O curso PUCPR/TCS tem duração aproximada de três meses com treinamento em rotinas administrativas e organizacionais.

O coordenador de projetos comunitários, Marcos Ribeiro, destaca que a experiência com o comunidade proporciona ao estudante da Universidade um momento de despertar,  sensibilização para a realidade do outro. “O aluno passa a perceber que é um ser capaz de promover a transformação social no meio em que vive”, enfatiza.

A proposta é oportunizar a formação adequada para ampliar a competitividade desses profissionais. “Temos vagas em aberto para trabalhadores nesse perfil, mas muitas vezes falta qualificação para conseguirmos ocupar essas vagas”, analisa o secretário do Trabalho, Emprego e Renda, Elzo Augusto Carreri.

Apesar do alto número de pessoas com deficiência, apenas 0,9% das carteiras assinadas no Brasil são desses cidadãos. “A TCS enxergou essa necessidade e decidimos focar investimentos na capacitação por meio de parcerias com universidades”, afirma Bruno Rocha, Head de Finanças da TCS para a América Latina.

Asimp/PUCPR

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios