Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Educação 25/05/2017  10h06

Rede Marista de Solidariedade lança site dedicado ao brincar

O espaço virtual traz conteúdos que contribuem com pais e educadores para que tenham subsídios e reservem tempo para o livre brincar no dia a dia das crianças

Na semana em que é celebrado o Dia Mundial do Brincar (28 de maio), a Rede Marista de Solidariedade lança um novo site (vamosbrincar.org.br) para que todos tenham acesso a informações sobre os projetos desenvolvidos pela Rede e brincadeiras, de forma mais moderna e de fácil navegação.

O novo portal foi desenhado em concordância com as diretrizes da marca e traz conteúdos sobre os Centros Sociais do Grupo Marista, com foco no Direito ao Brincar, um dos programas da Rede Marista de Solidariedade. Estão disponíveis no site as 10 iniciativas do Programa Direito a Brincar, vídeos com especialistas sobre o tema, além de um espaço todo dedicado para brincadeiras como: bolha no pote, pé com pé, circuito, amarelinha, castanha ligeira, entre outras.

Segundo Viviane Silva, gerente educacional da Rede Marista de Solidariedade, o site “Vamos Brincar” foi criado com o objetivo de garantir mais tempo e mais espaço para o livre brincar no dia a dia das crianças. “Oferecemos um canal para que crianças e seus familiares, professores e educadores possam registrar e encontrar, a partir de relatos, fotos e vídeos, as mais variadas brincadeiras que aprenderam ou inventaram com muita imaginação e criatividade”, explica.

A Rede Marista de Solidariedade acredita que cada criança é única e tem o seu jeito especial de brincar. Reconhece a criança como um sujeito de direitos, e compreende o brincar como uma importante e privilegiada forma de expressão para a socialização, o convívio familiar, o desenvolvimento integral e a expressão de valores culturais.

O site está no ar desde o dia 22 de maio e os interessados poderão acessar todo o conteúdo e cadastrar dicas de brincadeiras, seja para brincar em espaços cobertos ou ao ar livre. “A ideia é que as pessoas compartilhem a forma que brincam com as crianças, para incentivar e dar sugestões para outras pessoas, garantindo esse direito de formas variadas. E assim, juntos, iremos construir um grande repositório de brincadeiras originais, valorizando as infâncias e sua cultura”, informa Viviane.

Para participar e enviar brincadeiras no site “Vamos Brincar”, basta preencher o formulário corretamente e seguir algumas regras que estão disponíveis no site.

ASCOM/Rede Marista

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios