Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A análise foi feita com base no questionário de registro para a visitação do evento, que chega a receber cerca de 35 mil pessoas por edição

O 24ª ano dessa enorme feira que concentra representantes de reconhecidas universidades, faculdades, high school e escolas de idiomas de 16 países diferentes, assim como as melhores agências de intercâmbio do Brasil, começará no dia 09 de setembro no bairro de Copacabana, no Rio de Janeiro. Depois, segue para a Barra, também na capital fluminense, no dia 10, Curitiba no dia 12, São Paulo, nos dias 14 e 15, Salvador no dia 17, Brasília, no dia 19 e termina em Belo Horizonte, no dia 20. Durante o evento será possível conversar com representantes de consulados, diretores de instituições e ex-alunos para obter dicas sobre os cursos e a cultura de cada local. Os países que marcarão presença este ano são: Alemanha, Argentina, Canadá, Espanha, Estados Unidos, França, Holanda, Irlanda, Japão, Noruega, Nova Zelândia, Portugal, Reino Unido, Suíça e Suécia.

Segundo a BMI (Business Marketing International), organizadora do Salão do Estudante, a pesquisa realizada com os visitantes levou em consideração as informações de dois anos e o primeiro dado que chama a atenção é que, apesar da crise em que o país se encontra, os brasileiros não estão mudando de ideia em relação a estudar no exterior. Além disso, ela mostrou que os participantes estão se interessando em opções de estudo fora do país cada vez mais cedo. “A maioria dos participantes do Salão ainda está na casa dos 20 anos, mas houve um crescimento significativo da presença dos estudantes que cursam o ensino médio, que estão muito próximos de se tornarem a maioria do público” explica Samir Zaveri, Presidente e CEO da BMI, organizadora do Salão do Estudante. Também foi possível notar uma elevação na quantidade de indivíduos que possuem pós-graduação, o que pode ser explicado pelo competitivo mercado de trabalho que valoriza um profissional diferenciado. No que diz respeito ao gênero, percebeu-se um aumento de 9% nas mulheres atraídas por esse tipo de programa. O curso de línguas continua liderando o ranking dos mais procurados, mas ficou evidente que agora há mais gente atraída por cursos focados na carreira, com diplomas e certificados. Nesse quesito, administração tomou o lugar de destaque que era da engenharia, seguido por arte e design, marketing e relações públicas.

Os Estados Unidos continuam sendo o país mais desejado pelos visitantes da feira, seguido pelo Canadá. Portugal passou de quinto colocado para terceiro em um ano, deixando países como Austrália e Reino Unido para trás. A Austrália aparece em quarto na lista e a Irlanda em quinto: dois países que aceitam programas de trabalho e estudo. Esse foi outro detalhe que se destacou: as pessoas que procuram cursos de língua se preocupam cada vez mais com o seu sustento lá fora. O inglês ainda é o idioma mais procurado e ao longo de dois anos foi notório o crescimento do número de pessoas querendo aprender espanhol. O francês continua em terceiro lugar da preferência do público, seguido pelo italiano e o alemão, concorrendo pelo quarto lugar.

Para participar do evento é preciso se registrar por meio do site www.salaodoestudante.com.br.

Salão Do Estudante

O Salão do Estudante é a maior feira de intercâmbio da América Latina. Entre mais de 300 expositores, o evento reúne variedades de cursos no exterior e as melhores empresas de intercâmbio do Brasil, para quem procura a melhor faculdade internacional ou simplesmente quer fazer um curso de inglês no exterior. Há oportunidades fora do País para todos os gostos e idades.

Érika Kwiek/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios