Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Pais precisam ir até a unidade escolar designada na carta-matrícula com os documentos pedidos em mãos até o dia 14 de novembro

Começou, ontem (29), a efetivação da matrícula escolar para as crianças que vão estudar do P4 ao 1º ano, no próximo ano letivo de 2019. Os pais e responsáveis precisam ir até a unidade escolar mencionada na carta-matrícula até o dia 14 de novembro com os documentos pessoais da criança listados na mesma carta.

Entre os documentos que eles precisam entregar na escola municipal, ou Centro Municipal de Educação Infantil (CMEIs) e Centros de Educação Infantil (CEIs) estão: os originais e as fotocópias da certidão de nascimento da criança; o atestado de que a vacinação da criança está em dia (ele pode ser obtido gratuitamente nas Unidades Básicas de Saúde e não é a “carteirinha de vacinação”) e os comprovantes recentes de residência, como as contas de luz (Copel) e de água (Sanepar).

Com a carta de matrícula em mãos e estes documentos, os pais e responsáveis conseguirão efetivar a matrícula de seus filhos. Segundo o gerente de Matrícula e Documentação Escolar da SME, Junior Cesar Dias de Jesus, neste ano, houve um aumento na procura pelas vagas na rede municipal de ensino. Isso porque, no ano passado, foram cadastradas menos de 12 mil crianças. Já neste ano o número subiu para 14.200 alunos.

“É importante que os pais se atentem aos prazos para a efetivação da matrícula de seus filhos, porque somente a busca pela carta, realizada de 23 a 26 de outubro, não será suficiente para efetivar a matrícula da criança. É preciso que eles procurem a unidade escolar mencionada na carta e vão até lá entregar toda a documentação. Aqueles que perderem os prazos precisarão procurar a Secretaria de Educação, no começo de 2019, para buscarem uma vaga remanescente e nem sempre conseguirão a mais próxima de sua residência”, orientou o gerente.

Aqueles que tiverem dúvidas a respeito da documentação podem telefonar para a Secretaria Municipal de Educação, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, nos telefones de contato (43) 3375-0235 ou (43) 3375-0236.

Ana Paula Hedler/NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios