Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Alex Canziani articula para que “HUB da Inteligência Artificial ” seja efetivado para beneficiar a região e o Paraná

A unidade do Serviço Nacional da Indústria de Londrina inaugurou em Londrina as novas instalações do Instituto Senai de Tecnologia da Informação e Comunicação. O deputado federal Alex Canziani (PTB) esteve acompanhando no evento o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, e o presidente da Federação das Indústrias do Paraná (FIEP), Edson Campagnolo. Com a unidade, o Sistema da FIEP amplia a estrutura do Senai no Norte do Estado.

Resultado de um investimento de R$ 8 milhões, o novo Instituto terá mais de 2.800 metros quadrados para atendimento a demandas nas áreas de tecnologia da informação e automação industrial para todos os setores da indústria. Segundo Canziani, Londrina e região ganham um empreendimento importantíssimo: “É um ambiente moderno e que trabalhará com alta tecnologia. Temos muito orgulho desta obra”, destaca o parlamentar paranaense.

O instituto, apresentado ontem para autoridades locais e regionais, incluindo o deputado federal Luiz Carlos Hauly (PSDB) e o deputado estadual Thiago Amaral (PSB), além de lideranças empresariais e estudantes, ganha oito novos laboratórios que vão permitir atuação em consultorias e assessorias em diversas áreas, como gestão e governança de TI, projetos de automação e sistemas inteligentes para a Indústria 4.0, inteligência artificial, mineração de dados e eficiência energética, entre outras.

Também vai atuar em projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação para novos produtos e serviços. E na certificação de pessoas por meio de seus cursos técnicos, de qualificação, aperfeiçoamento e, o mais recente, que teve início em fevereiro, curso superior de Engenharia de Software.

Inteligência artificial

Na mesma solenidade foi lançado o “HUB de Inteligência Artificial”, um projeto que também será realizado em parceria com o deputado Alex Canziani. Atuando junto com o Instituto Senai de Tecnologia da Informação e Comunicação, o HUB de Londrina terá como missão promover a adoção das tecnologias de inteligência artificial pelo setor industrial paranaense e brasileiro. A intenção é que seja um ente para prospectar, aglutinar, distribuir e gerenciar, em uma rede de parceiros nacionais e internacionais, as demandas de inteligência artificial da indústria.

O HUB terá uma aceleradora para o desenvolvimento de novos empreendimentos relacionados às tecnologias de inteligência artificial. De acordo com o deputado, o projeto, quando for implantado, vai possibilitar a aplicação de tecnologias de inteligência artificial na produtividade industrial, possibilitando importantes ganhos socioeconômicos.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios