Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Estudantes de jornalismo da UEL conquistaram o primeiro e segundo lugar no 21º Prêmio Sangue Novo no Jornalismo Paranaense, iniciativa do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná. A cerimônia de premiação foi realizada nesta quarta-feira (4), na APP-Sindicato, em Curitiba. 

Na categoria Monografia, a Universidade Estadual de Londrina obteve o primeiro lugar com o trabalho de conclusão de curso "O sol nas bancas de revista: produção e conteúdo do jornal-escola carioca durante a ditadura civil-militar", de autoria de Leandro Brito, atualmente estudante do mestrado em Comunicação na UNESP (Bauru), orientado pela professora Márcia Neme Buzalaf.

O segundo lugar na categoria foi conquistado por Marco Antonio de Barros Junior, com a monografia "Diário de um Repórter: a construção de uma grande reportagem do Caso Estela Pacheco", também sob a orientação da Márcia Buzalaf. Sobre o trabalho ele declara que o reconhecimento é bom por ser um tema vital.

"O Brasil é o quinto país que mais mata mulheres no mundo. E poder discutir isso em um caso de Londrina, o assassinato da professora de música Estela Pacheco que ainda aguarda julgamento após 16 anos, é de extrema importância".

A UEL também foi campeã com o Programa de TV "A Pé" produzido pelos alunos André da Costa Branco, Bruno Amaral da Silva e Juliana Victoria Pereira, sob supervisão do professor Emerson dos Santos Dias. Os estudantes Bruno Guilherme Nomura e Mariana Sanches Otta também foram os primeiros colocados na categoria reportagem de Rádio com "Revolução do Amor: série de reportagens sobre o universo LGBT", produzida para a agência UEL Sonora, sob a orientação da professora Mônica Panis Kaseker. 

Agência UEL

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios


Notice: Undefined variable: usuario_tk in /var/www/vhosts/jornaluniao.com.br/httpdocs/widget_footer.php on line 245
NULL