Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Há 15 anos, em 28 de setembro de 2006, foi criada a Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), com campi nas cidades de Bandeirantes, Cornélio Procópio e Jacarezinho, onde também está situada a reitoria da Instituição. Nesse percurso, a Universidade assumiu relevante posição na busca pelo desenvolvimento regional, estabelecendo diálogo importante com as demandas da sociedade, por meio de ações vinculadas ao ensino, pesquisa, cultura e extensão de serviços prestados à comunidade de 46 municípios do Norte do Paraná. 

 “Ano após ano, a UENP tem conquistado seu espaço e o seu protagonismo no desenvolvimento regional. Hoje, a Universidade se faz presente na vida de milhares de pessoas, que são assistidas por meio dos projetos de diversas áreas que estão ao alcance da comunidade. Na região Norte do Paraná, a UENP tem assumido o seu papel como agente articuladora, dando positivas respostas aos desafios de interiorizar e universalizar o acesso ao ensino superior no Paraná, implementando condições para a transformação humana por meio da Educação”, ressaltou a reitora da UENP, professora Fátima Aparecida da Cruz Padoan.  

 “Tal protagonismo, preciso destacar, só é possível porque muitas pessoas - professores, agentes universitários e alunos - ao longo do caminho, trouxeram e trazem contribuições significativas para a realização de todas as ações da Universidade em áreas como da saúde, sociais, ambientais, econômicas e culturais, dentre tantas outras, vinculados a projetos de ensino, pesquisa, extensão, cultura e internacionalização”, disse a reitora.  

O superintendente da SETI (Superintendência de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná), Aldo Nelson Bona, parabenizou à comunidade acadêmica da Instituição pelos 15 anos como Universidade e pelos relevantes trabalhos desenvolvidos ao longo desse período, o que, segundo ele, contribuiu para o desenvolvimento da região Norte e do Paraná como um todo. “Ao logo dos 15 anos, essa Universidade cresceu de maneira expressiva em termos quantitativos e, sobretudo, em termos qualitativos. É hoje uma referência dentre as universidades Estaduais no Paraná e no País e destaca-se cada vez mais no cenário nacional com inserção internacional”, enalteceu.

“O fundamental disso tudo é que a UENP continue sendo cada vez mais uma Universidade importante para o desenvolvimento da Região Norte do Paraná. Quanto mais inserida e comprometida com as questões locais e regionais, mais importante essa Universidade será nacional e internacionalmente”, finalizou o superintendente. 

Nos últimos 15 anos, a UENP deu passos importantes para consolidação de suas ações voltadas ao ensino, sua vocação original, e a inserção e ampliação da pesquisa, extensão, cultura e internacionalização. A Universidade conta atualmente com 27 cursos de graduação presencial e dois EaD, em diversas áreas de conhecimento, seis programas de mestrado e um doutorado, além de especializações presenciais e a distância. A UENP forma por ano cerca de 1000 profissionais, da graduação à pós-graduação e Ensino a Distância (EaD). “De maneira efetiva, a UENP contribui para o acesso ao ensino superior no Norte do Paraná, impactando diretamente na realidade da região na qual está inserida”, destaca a reitora Fátima Padoan.  

O vice-reitor da UENP, Fabiano Gonçalves Costa, partilha a satisfação pela comemoração dos 15 anos da Universidade, recordando a luta de todos aqueles que cresceram junto com a Instituição e os trabalhos realizados nos últimos anos.  “A UENP é um patrimônio desta terra e do nosso povo. Nesses 15 anos, o trabalho realizado pela Instituição contribuiu para melhoria da qualidade de vida da nossa gente, alcançando as pessoas para além das salas de aula, em questões como educação pública, o meio ambiente, a cultura, a cidadania, os direitos humanos, a saúde pública, o empreendedorismo, a assistência jurídica, dentre outros, de diferentes públicos, desde crianças até idosos”, destaca.

A reitora Fátima Padoan enaltece a rede colaborativa e as importantes parcerias que a Universidade estabeleceu nos últimos anos com vários setores e representativas instituições.  Hoje a UENP é associada à APIESP (Associação Paranaense das Instituições de Ensino Superior Público), à Abruem (Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais), além de possuir convênios e/ou parcerias com municípios e diversas Instituições do setor produtivo e Público.

 “Essas parcerias estabelecem uma rede de conexões imprescindível à vida da Universidade, contribuindo efetivamente para a realização de ações que trazem como objetivo maior o bem estar das pessoas e o desenvolvimento social e econômico da nossa região”, acentua Fátima.

Agradecimentos

A reitora Fátima Padoan agradece a todos que, de maneira direta ou indireta, contribuíram para a realização da história da Universidade. “Faço um agradecimento especial a todos os alunos que fizeram e fazem parte de nossa história, a cada um dos servidores, professores, agentes universitários e colaboradores que dedicaram e que dedicam a sua vida à Instituição”.

 “Agradeço ao Governo do Estado, à SETI, na pessoa do superintendente Aldo Nelson Bona, por estar sempre aberto ao diálogo e receptivo às demandas de nossa Universidade, que não são poucas. Em nome do deputado Luiz Claudio Romanelli, agradeço a todos os agentes políticos, deputados Estaduais e Federais, que se articulam em prol da UENP, contribuindo para a promoção do conhecimento e para a ampliação dos serviços prestados pela nossa Universidade. Agradeço também aos setores produtivos e do Estado que fortalecem e somam forças com a UENP para importantes ações em benefício da nossa população”, finalizou a reitora da UENP.

O vice-reitor Fabiano Costa enalteceu o trabalho realizado pela comunidade acadêmica para todas as conquistas alcançadas nos últimos anos. “Agradeço a cada professor que dedicou seu trabalho, a cada agente Universitário que dedicou parte de sua vida para a construção da UENP. Aos alunos atuais e a todos os nossos egressos que um dia passaram por essa Universidade. Agradecemos porque vocês são nossos pilares, vocês construíram essa sólida Universidade”.

História

A UENP foi criada pela Lei nº 15.300, de 28 de setembro de 2006, e autorizada pelo Decreto Estadual no 3909/2008 com sede da reitoria em Jacarezinho e campi nas cidades de Bandeirantes, Cornélio Procópio e Jacarezinho, reunindo as antigas instituições de ensino superior: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Jacarezinho (FAFIJA), Faculdade de Educação Física e Fisioterapia de Jacarezinho (FAEFIJA), Faculdade de Direito do Norte Pioneiro (FUNDINOPI), Fundação Faculdades Luiz Meneghel (FFALM) e Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Cornélio Procópio (FAFICOP).

Tiago Angelo/Ascom/UENP

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.