Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A 2ª Fase do Vestibular da UEL registrou ausência de apenas 6,51%, totalizando 580 candidatos do total de 8.911 estudantes, índice bem menor do que no concurso passado, quando foi registrada uma abstenção de 12,46%. A Coordenadoria de Processos Seletivos (COPS) informou que houve um equívoco na divulgação deste domingo (5), quando 551 candidatos deixaram de comparecer e não 650, conforme foi divulgado.

Nesta segunda-feira (6) foram aplicadas as provas de Conhecimentos Específicos, com 12 questões discursivas. Segundo a professora Cristiane Medina, coordenadora da Cops, a diferença entre os números se deve a um boletim provisório divulgado por volta das 16 horas. Posteriormente, foram conferidos os números de cada um dos 15 locais de provas, que apontou a diferença. "Em que pese esta correção necessária, não houve qualquer prejuízo e ainda tivemos a surpresa de uma abstenção bastante pequena, mesmo com a coincidência com o Enem em algumas cidades da região", comentou a coordenadora.

Da mesma forma que o volume de ausentes reduziu, o concurso também foi marcado por nenhum incidente, sem registro de candidatos atrasados ou ocorrências no trânsito de veículos. Quinze instituições de ensino de Londrina receberam os candidatos nesta segunda fase - Faculdade Pitágoras (1 e 2), Unopar Piza (1, 3 e 4), Instituto de Educação Estadual de Londrina (IEEL), Colégio Estadual Vicente Rijo, NEODNA, Colégio Mãe de Deus, Pontifícia Universidade Católica, Centro Estadual Educacional Professora Maria do Rosário Castaldi, Colégio Estadual Antonio de Moraes Barros, Penitenciária Estadual de Londrina (PEL I e II), e Centro de Reintegração Social de Londrina (CRESLON).

Provas - Sobre a correção das provas deste segundo dia, Cristiane Medina informou que as respostas serão analisadas por três professores da área. A redação, aplicada no domingo, com três propostas de temas, segue o mesmo padrão de correção.

Habilidades - Nesta terça-feira, dia 6, serão aplicadas as Provas de Habilidades Específicas (PHE), nos períodos da manhã e tarde, para 667 candidatos aos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Artes Visuais, Design de Moda e Design Gráfico. As provas serão aplicadas na Universidade Pitágoras. Ainda de acordo com a professora Cristiane Medina, estas avaliações são importantes porque medem a capacidade dos estudantes nas áreas escolhidas, comprovando se o candidato está habilitado a utilizar ferramentas usuais da graduação. 

Agência UEL

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios


Notice: Undefined variable: usuario_tk in /var/www/vhosts/jornaluniao.com.br/httpdocs/widget_footer.php on line 245
NULL