Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Nas comemorações dos 121 anos da Proclamação da República, reflitamos sobre o papel do Brasil no contexto mundial que é também o de iluminar as consciências com sua cultura imanente de fraternidade. No ensaio “Sociologia do Universo”, comento a respeito de como vem se formando nossa história, cuja vocação trilha o caminho do êxito:

Não se edifica uma pátria sem generosidade de alma e espírito pragmático. Demanda tempo, pois este ainda não é um mundo de seres pacificados. Neste planeta de tantos desafios, é trabalhoso, mas possível. Apesar de os povos estarem se tornando cada vez mais impacientes. Gamal Abdel Nasser (1918-1970), que nacionalizou o canal de Suez, com o inesperado apoio dos Estados Unidos, no governo de Dwight D. Eisenhower (1890-1969), e deu início, com financiamento da ex-União Soviética, à construção da grande represa de Assuã, carpido pelas lutas para erguer um Egito moderno, concluiu: “Construir fábricas é fácil, levantar hospitais e escolas é possível, mas erigir uma nação de homens é tarefa longa e árdua”.

Urge fazer-se entendido pelo coração das criaturas. Quem vai ao cerne da criança chega ao jovem. Quem ensina a mocidade pacifica a alma do adulto. E quem tem este último espiritualizado levanta uma nação. É pelo exemplo que se constrói. Já dizia Napoleão Bonaparte (1769-1821) que “as palavras indicam o caminho, mas os exemplos arrastam”. O Corso continua repleto de razão. (...)

PROCESSO POLÍTICO-DEMOCRÁTICO

O governador eleito do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, prestigiou a 56a Feira do Livro de Porto Alegre. Em 3/11, realizou movimentada sessão de autógrafos de seu “Direito, Constituição e Transição Democrática no Brasil”. Nessa obra, o leitor encontra uma abordagem esclarecedora sobre o atual modelo das relações entre os vários poderes institucionais, nascido de um processo político-democrático que se fortaleceu no país nos idos de 1985 e se consolidou na Carta Magna brasileira de 1988.

Esse trabalho me chegou às mãos com amistosa mensagem: “Ao Paiva Netto, cidadão do bem, com o abraço fraterno do Tarso Genro”.

Fica aqui meu agradecimento e o desejo de sucesso em sua nova empreitada cívica.

FEIRA DO LIVRO DE PORTO ALEGRE

Em 4/11, o senador Pedro Simon realizou, também na 56a Feira, considerado o maior evento literário a céu aberto das Américas, concorrida sessão de autógrafos de seu título “A impunidade veste colarinho branco”.

Ao receber os cumprimentos de representantes da LBV, cordialmente dirigiu-se à Boa Vontade TV (canal 23 da SKY): “Meu abraço muito carinhoso ao meu amigo Paiva Netto. Sou um admirador da sua obra, do seu trabalho, leitor permanente de suas colunas. Agradeço a oportunidade de poder falar aos amigos da LBV, porque realmente esse livro é resultado de uma caminhada da boa vontade”.

Grato ao respeitado senador gaúcho, que dedicou exemplar de seu livro, honrosamente chamando-me “companheiro de longa caminhada” e completando: “Um abraço do Pedro Simon”.

NOVA EDIÇÃO DE NOSSO LAR

O Portal Boa Vontade destaca: “Em recente lançamento da 4a edição especial de ‘Nosso Lar’, obra do Espírito André Luiz, psicografada pelo saudoso sensitivo Legionário Francisco Cândido Xavier (1910-2002), o diretor da Federação Espírita Brasileira (FEB), Geraldo Campetti Sobrinho, encaminhou um exemplar ao dirigente da LBV.

“O livro foi dedicado pelo presidente da FEB, dr. Nestor João Masotti, com os dizeres: ‘Ao estimado dr. José de Paiva Netto, M. D. presidente da Legião da Boa Vontade, em comemoração do Dia do Ecumenismo e do 21o aniversário do Templo da Boa Vontade e com os nossos melhores cumprimentos por suas nobres realizações. Fraternalmente, Nestor João Masotti’.”

Aos amigos da FEB, minhas congratulações por mais essa vitória. Levar ao mundo, por meio da literatura, o conhecimento da realidade da vida espiritual enriquece o Ser Humano de cultura e preenche o Espírito de esperança.

IÇAMI TIBA NO TBV

Em 15 de outubro de 2010, o Templo da Boa Vontade recebeu a visita do renomado psiquiatra, psicodramatista, escritor e educador dr. Içami Tiba. Ao percorrer os ambientes ecumênicos da Pirâmide da LBV, comentou: “É impressionante como tudo isso foi construído! Foi não só no sentido material — aqui existe realmente uma construção belíssima —, mas no sentido também da sua importância dentro das pessoas, que começou como um grão de areia”.

Aclamado pelo povo uma das Sete Maravilhas da Capital Federal, o Templo da Paz está localizado no SGAS 915, Lotes 75/76 — Brasília, DF. Para outras informações, ligue: (61) 3245-1070.

José de Paiva Netto — Jornalista, radialista e escritor.
paivanetto@lbv.org.brwww.boavontade.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios