Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Educando na Fé 19/10/2009  10h29

Outubro no TBV

Desde o dia 1o de outubro, o Templo da Boa Vontade (TBV) abriga uma série de eventos culturais e espirituais em comemoração dos 20 anos de sua profícua existência em prol da paz, da solidariedade e da espiritualidade ecumênica, sentimentos que brotam copiosamente da capital mística do Brasil. Segundo dados da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo do Distrito Federal (SDET), o Templo da LBV é o monumento mais visitado de Brasília. Foi recentemente aclamado pelos brasilienses uma das Sete Maravilhas da cidade. Diariamente peregrinos do mundo inteiro confirmam sua presença em 24/10, para participar da sessão solene que comandarei, a partir das 16 horas, da nave da Pirâmide das Sete Faces. A data lembrará também os 50 anos da Proclamação do Novo Mandamento de Jesus, feita pelo saudoso fundador da LBV, Alziro Zarur, que completará, no dia 21/10, trinta anos na Pátria da Verdade. A solenidade será transmitida pela Super Rede Boa Vontade de Comunicação [em Porto Alegre: AM 1300 kHz], TV (canal 23 da SKY) e internet (www.boavontade.com).

TBV – onde o ecumenismo se encontrou

Por sinal, um dos mais tocantes depoimentos sobre o TBV vem de uma amiga de longa data, a jornalista gaúcha Marlene Galeazzi, que, na festa dos 14 anos da Pirâmide da Boa Vontade, em 2003, nos disse:

"Quero cumprimentá-lo por esta obra maravilhosa que se transformou, desde a sua inauguração, em 1989, no Templo da Paz, no Templo de Meditação dos brasilienses e de quem aqui passa. Como jornalista, sou testemunha de fatos históricos; nem todos revelados pela imprensa. Quando atuava na revista ‘Veja’ e, depois, no jornal ‘O Estado de S. Paulo’, encontramos aqui, de madrugada, em momentos muito difíceis do país, de crises políticas, mais de um presidente vindo meditar, tocar a mandala, fazer a espiral, energizar-se com o cristal, ouvir palavras maravilhosas, músicas de primeiríssima qualidade. Este Templo, hoje, é comentado no mundo inteiro, e nem sei como lhe agradecer por tê-lo construído em Brasília, que é a capital do Terceiro Milênio, onde o ecumenismo se encontrou".

Querida Marlene, grato pela distinção e apreço. Essa obra, o TBV, nasceu com o apoio popular e por isso traz a chama da esperança, sentimento que todos ali buscam. Nele vive a glória do Criador representado pelas criaturas ecumenicamente reunidas.

60 anos de LBV

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, no último 14/10, por proposição de seu presidente, o deputado Ivar Pavan, homenageou a LBV pelos 60 anos de trabalho em prol do povo, a se completarem no dia 1o de janeiro de 2010. Agradecemos ao deputado e a todos os amigos presentes na ocasião.

José de Paiva Netto é

Jornalista, radialista e escritor.
paivanetto@lbv.org.br www.boavontade.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios