Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Educando na Fé 07/11/2011  10h41

Solidários

         Estamos todos atentos à saúde do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e solidários a ele, à sua digna esposa, dona Marisa Letícia, e seus familiares.

         Segunda-feira (31/10), no Hospital Sírio-Libanês, na capital paulista, teve início o seu tratamento, focalizado na recuperação da laringe.

         Diante de Deus, reunidos, com Boa Vontade oramos e elevamos ao Alto permanentemente as nossas súplicas.

SOMOS 7 BILHÕES

De acordo com o Relatório sobre a Situação da População Mundial 2011, publicado pelo Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), desde segunda-feira, 31/10, o planeta possui 7 bilhões de habitantes.

No Portal da ONU no Brasil (www.onu-brasil.org.br), encontramos estas informações: “O relatório mostra que o tamanho recorde da população pode ser encarado como um indicador do sucesso da humanidade, porque isso significa que as pessoas estão tendo vidas mais longas e mais crianças estão sobrevivendo em todo o mundo. Mas nem todos se beneficiam dessa conquista ou da maior qualidade de vida que isso implica”.

E prossegue o UNFPA: “Há grandes disparidades entre e dentro dos países. Existem também disparidades de direitos e oportunidades entre homens e mulheres, meninos e meninas. Traçar agora um caminho para o desenvolvimento que promova a igualdade, ao invés de exacerbar ou reforçar as desigualdades, é mais importante que nunca. Do total de 7 bilhões, 1,8 bilhão são jovens com idades entre 10 e 24 anos”.

Para o nigeriano dr. Babatunde Osotimehin, diretor-executivo do UNFPA, “os jovens têm a chave para o futuro, com o potencial de transformar a paisagem política global e impulsionar as economias através da sua criatividade e capacidade de inovação. Mas a oportunidade de realizar o grande potencial da juventude tem que ser aproveitada agora. Deveríamos estar investindo na saúde e na educação dos nossos jovens. Tal investimento renderia um enorme retorno em termos de crescimento econômico e desenvolvimento para as gerações vindouras”.

Exato!

“TEMPO DE ESPERAS”

Na noite de quarta-feira, 2/11, em movimentada noite de autógrafos, o padre Fábio de Melo lançou no Teatro Sancho Pança, no Cais do Porto, durante a 57ª. Feira do Livro de Porto Alegre, sua obra “Tempo de Esperas”.

Em entrevista à Super Rede Boa Vontade de Comunicação, falou um pouco sobre o seu trabalho: “‘Tempo de Esperas’ é escrito a partir de correspondências de um professor de filosofia aposentado com um aluno. Entre eles, uma situação interessante é justamente o tempo das esperas. O professor está deixando tudo aquilo que o aluno vive para alcançar e ocorre um diálogo sobre a vida, sobre questões humanas importantes como amor, fidelidade, felicidade, realização humana, sempre a partir do conceito de esperas”. Ao receber os parabéns dos representantes da LBV, expressou: “Muito obrigado! Tenho um carinho muito grande por essa obra, admiro-a. A Legião da Boa Vontade é, sem dúvida, um instrumental onde Deus tem acontecido muito. Sempre digo que a caridade é a forma mais perfeita de rezar. Obrigado. Que Deus abençoe vocês!”.

Na oportunidade, me autografou um exemplar de seu livro, com a fraterna dedicatória: “Paiva Netto, unidos na missão de dar sentido às esperas humanas! Com o meu carinho, Fábio de Melo”.

Grato, padre Fábio de Melo, por suas atenciosas palavras.

José de Paiva Netto é jornalista, radialista e escritor.

paivanetto@lbv.org.brwww.boavontade.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios