Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Volto ao tema do perigo que representa o consumo de álcool, particularmente associado à direção de veículos, para também destacar a muito bem-vinda providência da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado que, na quarta-feira, 9/11, aprovou, em decisão terminativa, tolerância zero ao álcool ou outra substância psicoativa no volante. Conforme divulgou a Agência Senado, “essas medidas constam do PLS 48/11, do senador Ricardo Ferraço. (...) Se não for alvo de recurso para votação pelo Plenário do Senado, seguirá direto para a Câmara dos Deputados”.

MANUAL DE REDAÇÃO CBN

Ocorreu na terça-feira, 8/11, na capital fluminense, o lançamento do livro “Manual de Redação CBN”, de autoria da jornalista Mariza Tavares, diretora-executiva nacional de Jornalismo da Rádio CBN (Central Brasileira de Notícias). O evento comemorou os 20 anos da emissora, completados em 1º de outubro.

Entre outros assuntos, a obra dedica dois capítulos para interatividade, mídias sociais e edição para sites, incluindo a avaliação dos conteúdos colaborativos de internautas. Apresenta também questões éticas sobre a conduta jornalística e três anexos com explicações de termos jurídicos, políticos e econômicos.

Os conceituados jornalistas Mariza Tavares, Álvaro Oliveira Filho e Júlio Lubianco, que palestraram sobre a publicação, honraram-me com cordiais dedicatórias: “Para o jornalista Paiva Netto, com carinho! Seja bem-vindo à aventura CBN. Mariza Tavares”; “Ao amigo Paiva Netto, um pouco do dia a dia da CBN. Espero que goste da leitura. Álvaro O. Filho. 08.11.11”; e “Ao jornalista Paiva Netto, um grande abraço, Júlio Lubianco”.

Gratíssimo.

PESQUISA INÉDITA: DIABETES

Quinze de novembro. Mais um aniversário da Proclamação da República. Ontem (14/11) foi o Dia Mundial do Diabetes. O que essas datas têm em comum?  A busca da cidadania plena a partir da melhora de nossa qualidade de vida, tanto no passado quanto nos dias atuais.

Com o apoio da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e da Sociedade Brasileira de Diabetes, foi realizado, entre 2008 e 2010, uma pesquisa inédita sobre pacientes portadores do diabetes tipo 1; doença autoimune que destrói as células do pâncreas responsáveis pela produção de insulina. O estudo, denominado “multicêntrico de diabetes tipo 1 no Brasil” foi feito com 3.591 pacientes de 28 cidades brasileiras, em cinco regiões. Este levantamento apontou que 85% dos diabéticos não fazem o controle do nível de glicemia (a taxa de açúcar no sangue). A falta desse acompanhamento faz aumentar o risco de complicações graves, entre elas: doenças cardiovasculares, falência dos rins, cegueira, amputações e óbito.

O assunto requer muita atenção e conscientização de todos. Afinal, tem a ver com a saúde do cidadão que, sob qualquer regime, deve ser bem cuidada.

José de Paiva Netto, jornalista, radialista e escritor.

paivanetto@lbv.org.brwww.boavontade.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios